Future of Money

Crise bancária nos EUA gera redução no volume de negociação de NFTs

O número de negociadores ativos de tokens não fungíveis chegou ao menor nível desde novembro de 2021, aponta relatório

Coleções mais famosas de NFTs tiveram redução menor de atividade (Reprodução/Reprodução)

Coleções mais famosas de NFTs tiveram redução menor de atividade (Reprodução/Reprodução)

Cointelegraph
Cointelegraph

Agência de notícias

Publicado em 17 de março de 2023 às 15h53.

Última atualização em 17 de março de 2023 às 17h09.

Os volumes de negociação dos tokens não fungíveis (NFTs, na sigla em inglês) sofreram um grande baque após o colapso do Silicon Valley Bank na semana passada. O movimento ocorreu quando os investidores, em sua grande maioria, fugiram dos mercados temendo as repercussões do fechamento de um grande banco nos Estados Unidos.

De acordo com um relatório divulgado em 16 de março pela plataforma de monitoramento de dados DappRadar, os volumes de negociação dos criptoativos colecionáveis oscilavam entre US$ 68 milhões e US$ 74 milhões antes do colapso do SVB em 10 de março, mas caíram para US$ 36 milhões em 12 de março.

A redução foi acompanhada por uma queda de 27,9% no número total diário de vendas de NFTs entre 9 e 11 de março. Apenas 11.440 negociadores de NFT estiveram “ativos” em 11 de março, o número mais baixo registrado desde novembro de 2021, de acordo com o DappRadar.

O relatório destacou que a desvalorização da stablecoin USDC que chegou a perder temporariamente a paridade com o dólar e cair para US$ 0,88 desviou a atenção dos investidores. Como resultado, “os negociadores de NFTs se tornaram menos ativos”, explicou Dappradar.

Efeito nas coleções de NFTs

Apesar da baixa, o valor de mercado dos NFTs “blue chip” como são conhecidos os criptoativos mais colecionados, negociados e caros não foi afetado. Os preços base de coleções como o Bored Apes Yacht Club (BAYC) e CryptoPunks caíram apenas ligeiramente.

“A recuperação foi rápida, mostrando a resiliência desses NFTs de primeira linha”, disse o DappRadar. “Os NFTs Blue-Chip continuam sendo um investimento estável em um mercado turbulento".  Os preços base estáveis da BAYC e dos CryptoPunks podem ser atribuídos à equipe por trás das coleções. A Yuga Labs confirmou que tinha apenas uma “exposição superlimitada” ao SVB, de acordo com o cofundador Greg Solano.

Por outro lado, o preço base da coleção Moonbirds caiu 35,3%, de 6,18 ethers para 4 ethers no marketplace OpenSea, após a notícia de que a Proof a equipe por trás dos NFTs tinha uma exposição considerável ao SVB. A queda foi parcialmente desencadeada por um endereço da Ethereum que vendeu quase 500 NFTs Moonbirds, com perdas variando entre 9% e 33%, de acordo com o relatório do DappRadar. As vendas no mercado de NFTs Blur totalizaram uma perda de 700 ethers.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRIPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores criptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:NFTsNFTCriptoativos

Mais de Future of Money

Bitcoin oferece "imortalidade econômica" e vai valer US$ 10 milhões, diz executivo

Solana despenca com rumores e temor sobre futuro de criptomoedas meme

Bitcoin despenca para US$ 61 mil: ainda há esperanças de nova alta em 2024? Especialistas respondem

Corretora falida Mt. Gox faz bitcoin cair após revelar data para pagamentos de clientes

Mais na Exame