Acompanhe:

O Brasil foi um dos países em que mais se investiu em criptomoedas através de fundos de mercado  na penúltima semana de abril, de acordo com um relatório da empresa CoinShares sobre o fluxo de investimentos em fundos de cripto. Pela primeira vez no mês, os fundos tiveram saída de capital, mas as opções brasileiras de investimento somaram US$ 1,3 milhão em aportes.

O fluxo de investimentos em fundos de cripto estavam em uma sequência de seis semanas consecutivas positivas. Na terceira semana de abril, porém, o saldo foi de US$ 30 milhões negativos, colocando fim a esse novo impulso. O relatório aponta que a retirada de capital pode estar relacionada à realização de lucros em investimentos de empresas.

Os fundos com exposição ao bitcoin foram os maiores responsáveis pelo fluxo negativo, com um total de US$ 53,1 milhões em saídas. Os de ether, por outro lado, impulsionaram a entrada de capital, com US$ 16,8 milhões direcionados a produtos com exposição à criptomoeda. O motivo, avalia a CoinShares, foi a realização bem-sucedida da atualização Shanghai na Ethereum.

Investimentos em criptomoedas no Brasil

Em meio às saídas, o Brasil foi um dos três países que registraram alocação de capital em fundos expostos a moedas digitais. Com US$ 1,3 milhão direcionado a esses produtos de investimento, o país ficou atrás somente da Alemanha, que totalizou US$ 28,7 milhões na mesma métrica.

Mesmo com os investimentos registrados na terceira semana de abril, o Brasil ainda possui um fluxo negativo de US$ 900 mil no acumulado para o mercado de criptomoedas no quarto mês do ano. Entretanto, os números crescem para US$ 38 milhões positivos ao considerar o período entre 1º de janeiro e o dia 23 de abril de 2023.

O Brasil também é um dos menores países quando se trata de ativos sob gestão (AUM, na sigla em inglês) envolvendo fundos de criptomoedas. São US$ 329 milhões em AUM, superando somente a Austrália e a França, que contam com US$ 10 milhões e US$ 11 milhões, respectivamente. A Suíça, que vem à frente do Brasil, tem US$ 1,6 bilhão em AUM, quase cinco vezes mais.

Comece seu portfólio de criptomoedas. A Mynt é uma empresa BTG Pactual para você comprar e vender crypto com segurança e atendimento 24 horas. Abra agora sua conta e desbloqueie seu mundo crypto.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | TikTok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Como se proteger contra as ameaças virtuais utilizando a nuvem
Future of Money

Como se proteger contra as ameaças virtuais utilizando a nuvem

Há 12 horas

Uso de blockchain facilita gerenciamento de negócios em diversos setores; saiba como
Future of Money

Uso de blockchain facilita gerenciamento de negócios em diversos setores; saiba como

Há 14 horas

Entenda isso para não perder suas criptos: como funcionam as carteiras digitais?
Future of Money

Entenda isso para não perder suas criptos: como funcionam as carteiras digitais?

Há um dia

Criptomoedas: desafios e oportunidades do mercado
Future of Money

Criptomoedas: desafios e oportunidades do mercado

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais