Acompanhe:

A inteligência artificial (IA) se tornou mais popular com o sucesso de programas como o ChatGPT em 2023. No entanto, a tecnologia já existe há muito mais tempo e já é explorada por grandes bancos. De acordo com um novo relatório do Bank of America, a IA tem potencial para melhorar a produtividade e aumentar os retornos bancários, mas existem desafios.

Benefícios

A inteligência artificial pode ser usada para automatizar diversas funções dentro de instituições bancárias, o que melhoraria a produtividade e poderia inclusive reduzir custos e aumentar os retornos.

“Embora uma maior automação – provavelmente a primeira e maior aplicação da tecnologia de IA para os bancos – tenha o potencial de melhorar a produtividade dos bancos e, assim, aumentar os retornos dos bancos, também vemos algumas vulnerabilidades em torno do amplo uso da IA nos bancos”, escreveram os analistas do Bank of America em um relatório recente.

“Hoje nós vemos soluções de inteligência artificial sendo adotadas para todo lado, mas na verdade isso já vem muito antes do aparecimento do ChatGPT. Você tem o uso de soluções de IA adotadas em software há muito tempo não só nas empresas de tecnologia mas também no setor bancário. Hoje você tem software de inteligência artificial por exemplo, analisando fluxos de pagamento, de movimentações, e isso tem sido uma máxima dentro do setor financeiro”, disse Fábio Assolini, chefe da equipe de analistas da Kaspersky na América Latina, em entrevista à EXAME.

A tecnologia, que é mais antiga do que parece, já está sendo utilizada pela maioria dos grandes bancos, mas com cautela. Os especialistas do Bank of America, por exemplo, acreditam que se a inteligência artificial for capaz de proporcionar eficiências tangíveis aos bancos europeus e aumentar os retornos, “isto provavelmente será reconhecido com classificações de crédito mais estáveis a mais elevadas e spreads seguros”.

Riscos

O relatório do Bank of America também mencionou a quantidade de dados sensíveis que os bancos possuem de seus clientes e os desafios envolvendo a regulação da inteligência artificial em países ao redor do mundo.

“Os bancos e supervisores terão de estar confortáveis com os riscos que acompanham a institucionalização de IA”, disse o relatório.

Para os analistas do Bank of America, as preocupações provavelmente se concentrarão na segurança e no “desafio de manter os ativos dos clientes seguros em um mundo de IA democratizada, que também proporcionou barreiras mais baixas aos atores de ameaças”.

Em relação à segurança, a popularização destas ferramentas com o sucesso do ChatGPT pode ajudar também os cibercriminosos a desenvolverem novos métodos mais eficientes de ataques hacker.

“Agora, uma outra questão é que quando essas ferramentas se tornam populares, você aumenta o interesse dos cibercriminosos visando explorar essas ferramentas em seus ataques. E claro, quando você tem essas oportunidades, os cibercriminosos não costumam perder essas oportunidades para efetuar esses ataques”, explicou Fábio Assolini, da Kaspersky.

“Então é muito importante para quem adota essas ferramentas que tenha cuidado com a questão dos acessos, do fornecedor, porque essas ferramentas ajudam muito no backoffice e no processamento dos dados mas por outro lado elas também se tornam uma arma poderosa quando um invasor que tem acesso à rede tem acesso à essas mesmas ferramentas. Então a gente acredita que a segurança completa é em camadas e você limitar o acesso à essas ferramentas internas de inteligência artificial é muito importante. Não só limitar como também monitorar o acesso”, concluiu o especialista à EXAME.

Esse anúncio da Mynt não foi escrito por uma Inteligência Artificial. Mas somos tecnológicos. Nossa segurança é de ponta e nossa curadoria, de excelência. O que falta para você investir em crypto com a Mynt?

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Brasil alcança R$ 2,8 bilhões em aportes em fundos de criptomoedas
Future of Money

Brasil alcança R$ 2,8 bilhões em aportes em fundos de criptomoedas

Há 3 horas

País culpa criptomoedas por desvalorização de moeda local e quer banir corretoras
Future of Money

País culpa criptomoedas por desvalorização de moeda local e quer banir corretoras

Há 18 horas

Criptomoedas ligadas à inteligência artificial disparam após Nvidia divulgar lucro
Future of Money

Criptomoedas ligadas à inteligência artificial disparam após Nvidia divulgar lucro

Há 20 horas

Paris Saint-Germain será 1º clube esportivo validador de blockchain: o que isso significa?
Future of Money

Paris Saint-Germain será 1º clube esportivo validador de blockchain: o que isso significa?

Há 20 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais