Acompanhe:

O preço do bitcoin em alta não impulsiona apenas as negociações e a expectativa dos investidores de lucrar, mas também contratações nas empresas que operam com criptoativos que, na busca por atender a uma demanda crescente dos investidores, investem em infraestrutura e em pessoal.

E como os bancos no Brasil estão cada vez mais aumentando sua exposição ao mercado de criptoativos, as contratações também estão em alta. Segundo o “Estudo de Remuneração” anual realizado pela consultoria Michael Page, os diretores de bancos tradicionais que trabalham com criptomoedas estão entre os mais bem remunerados do Brasil.

O estudo aponta que o salário anual para um CEO regional para criptomoedas nos bancos do Brasil chega a até R$ 1,3 milhão por ano, ficando atrás apenas do diretor executivo comercial (R$ 1,3 milhão) e do diretor executivo de Produtos em fintechs (R$ 1,5 milhão).

Papel de um CEO em cripto

Segundo a Michael Page, um CEO regional para criptomoedas desempenha um papel importante na condução estratégica e operacional das iniciativas relacionadas a moedas digitais dentro de uma instituição bancária. Suas responsabilidades abrangem desde a definição de estratégias e implementação para a integração das criptomoedas conforme regulamentações locais até a gestão de riscos, desenvolvimento de produtos inovadores e o estabelecimento de relações estratégicas com diversas partes interessadas.

Além disso, esse executivo lidera a equipe dedicada a questões ligadas ao mundo cripto, garantindo "atualização constante, educação interna e externa sobre criptomoedas e comunicação eficaz das políticas e procedimentos associados à adoção dessas tecnologias emergentes".

Os dados do estudo foram compilados ao longo dos últimos meses de 2023 por entrevistas conduzidas por consultores da Michael Page. Durante essas interações, profissionais compartilharam informações sobre seus salários. Além disso, alguns dados sobre remuneração foram fornecidos pelas empresas.

Foram analisados dados de 15 segmentos econômicos, envolvendo os setores de bancos e serviços financeiros, engenharia e manufatura, agronegócio, finanças, saúde e ciências, propriedade e construção, setor jurídico, marketing digital, recursos humanos, secretariado e administração, seguros, operações de cadeia de suprimentos, tecnologia da informação, varejo e vendas.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
JPMorgan diz que bitcoin pode cair para US$ 42 mil após halving em abril
Future of Money

JPMorgan diz que bitcoin pode cair para US$ 42 mil após halving em abril

Há 3 horas

ETF de bitcoin da BlackRock chega a US$ 10 bilhões em tempo nunca antes visto no mercado
Future of Money

ETF de bitcoin da BlackRock chega a US$ 10 bilhões em tempo nunca antes visto no mercado

Há 4 horas

Bitcoin recua após recordes de preço, mas uma cripto se destaca ao disparar 8%
Future of Money

Bitcoin recua após recordes de preço, mas uma cripto se destaca ao disparar 8%

Há 5 horas

Presidente de El Salvador diz que não vai vender bitcoin apesar de lucro de mais de 40%
Future of Money

Presidente de El Salvador diz que não vai vender bitcoin apesar de lucro de mais de 40%

Há 6 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais