Esporte

Após derrota no Brasileirão, São Paulo demite técnico Thiago Carpini; veja quem assumirá o time

Tricolor paulista perdeu para o Flamengo em partida nesta quarta-feira, por 2 a 1

Thiago Carpini é demitido do São Paulo (São Paulo FC/Flickr/Divulgação)

Thiago Carpini é demitido do São Paulo (São Paulo FC/Flickr/Divulgação)

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 18 de abril de 2024 às 12h31.

Última atualização em 18 de abril de 2024 às 12h33.

O São Paulo anunciou a demissão do técnico Thiago Carpini nesta quinta-feira, 18, após a derrota para o Flamengo na segunda rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio do Maracanã.

O desempenho ruim da equipe, somado às derrotas e à eliminação nas quartas de final do Paulistão, foram determinantes para a saída do treinador. Segundo o comunicado emitido pelo clube, o auxiliar técnico Milton Cruz assumirá interinamente o comando da equipe.

Com a saída de Carpini, o São Paulo buscará um novo treinador para o restante da temporada. O próximo desafio da equipe será contra o Atlético Goianiense, no domingo, às 18h30, no Estádio Antônio Accioly. O novo técnico terá como objetivo superar a crise técnica da equipe, garantir a classificação na Libertadores e na Copa do Brasil, além de realizar uma campanha sólida no Brasileirão.

Curta trajetória no tricolor

Carpini comandou o São Paulo em 18 jogos na temporada de 2024. Ele chegou para substituir Dorival Júnior, que foi escolhido pela CBF para liderar a seleção brasileira no ciclo até a Copa do Mundo de 2026. Durante sua gestão, o São Paulo obteve sete vitórias, seis empates e cinco derrotas.

Carpini deixa o São Paulo com um título: a Supercopa Rei. Diante do rival Palmeiras, o time tricolor empatou sem gols, mas venceu nos pênaltis, no Mineirão, em Belo Horizonte. Durante sua gestão, o São Paulo também quebrou o jejum de vitórias sobre o Corinthians na Neo Química Arena.

Após a conquista do título, o São Paulo passou a ter resultados oscilantes no Paulistão e correu risco de ser eliminado precocemente do torneio. Na última rodada da fase de grupos, enfrentou forte ameaça do rebaixamento contra o Ituano. Nas quartas de final, sofreu uma decepcionante eliminação nos pênaltis, em casa, contra o Novorizontino.

Na Libertadores, a equipe também teve um desempenho abaixo do esperado. Na estreia, Carpini foi criticado por deixar o time com um jogador a menos em campo durante os acréscimos do primeiro tempo, o que resultou em um gol decisivo para a derrota da equipe.

Carpini, de 39 anos, ganhou destaque ao levar o Água Santa, de Diadema, ao vice-campeonato paulista em 2023. Em seguida, teve uma passagem pelo Juventude, levando o time de Caxias do Sul à elite do Brasileirão. Seu desempenho despertou o interesse do Santos, que disputará a Série B, mas as negociações não foram bem-sucedidas. No entanto, a negociação com o São Paulo teve um desfecho positivo.

Acompanhe tudo sobre:sao-pauloBrasileirãoDemissõesFutebol

Mais de Esporte

Quanto custa o jogador Vini Jr.? Craque ultrapassa valor de mercado de Neymar

Jogos de hoje, terça-feira, 21, onde assistir ao vivo e horários

A cara do time nem sempre é o principal atleta: ela pode ser o mascote

Jogos de hoje, segunda-feira, 20; onde assistir ao vivo e horários

Mais na Exame