Novo plano de Biden mira carros elétricos e energia limpa

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, aposta em enormes investimentos em veículos elétricos, energia renovável e rede elétrica como parte da iniciativa para impulsionar a economia
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, aposta em enormes investimentos em veículos elétricos, energia renovável e rede elétrica como parte da iniciativa para impulsionar a economia (Tom Brenner/Reuters)
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, aposta em enormes investimentos em veículos elétricos, energia renovável e rede elétrica como parte da iniciativa para impulsionar a economia (Tom Brenner/Reuters)
A
Ari Natter e Jennifer A. Dlouhy, da Bloomberg

Publicado em 31/03/2021 às 12:12.

Última atualização em 13/04/2021 às 15:26.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, aposta em enormes investimentos em veículos elétricos, energia renovável e rede elétrica como parte da iniciativa para impulsionar a economia dos Estados Unidos e, ao mesmo tempo, combater a mudança climática.

Os planos de Biden, parte de um pacote de infraestrutura e estímulo de US$ 2,25 trilhões a ser anunciado em Pittsburgh na quarta-feira, têm como objetivo catalisar investimentos em uma economia de energia limpa e incentivar a tecnologia de baixas emissões necessária para limitar o aquecimento global.

A iniciativa de Biden daria uma extensão de 10 anos para créditos tributários que têm beneficiado projetos de energia eólica, solar e outras fontes renováveis. O plano, que requer aprovação do Congresso, também tornaria esses créditos tributários de energia limpa reembolsáveis.

Os defensores da extensão argumentam que a natureza historicamente imprevisível dos créditos tributários os tornou menos eficazes e insistem que a consistência é necessária para impulsionar projetos de energia renovável.

“É esse tipo de confiabilidade de longo prazo que precisamos como indústria”, disse Suzanne Leta, chefe de política e estratégia na SunPower, em entrevista na terça-feira. “Os vaivéns do passado não devem ser o caminho a seguir para este governo ou Congresso.”

O anúncio de Biden poderia ajudar ações nos setores de veículos elétricos e de energia limpa, que têm perdido terreno nas últimas semanas em meio à migração de investidores de empresas de crescimento para papéis de valor. Essa rotação do mercado, motivada pelo otimismo em relação ao ritmo de vacinação e reabertura da economia, aumenta a demanda por segmentos afetados pela pandemia como companhias aéreas e restaurantes, e prejudica ações que subiram no ano passado e parecem estar supervalorizadas.

As ações da Tesla, que servem como termômetro do setor, acumulam queda de cerca de 10% neste ano, após o salto acima de 700% em 2020, enquanto muitas empresas de veículos elétricos de menor porte, como Workhorse e Nikola, também são negociadas com cotação mais baixa. E as ações da ETF Invesco Solar caem 13% em 2021, depois de triplicarem de preço no ano passado.

Biden também pede ao Congresso que destine verbas para descontos em veículos elétricos, pontos de recarga e ônibus escolares elétricos com o objetivo de reduzir a demanda por automóveis convencionais movidos a gasolina. Cerca de US$ 174 bilhões em fundos do governo iriam para iniciativas de veículos elétricos, segundo comunicado da Casa Branca com um resumo do plano de Biden.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

 

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.