Esfera Brasil
Um conteúdo Esfera Brasil

Cidades do litoral Norte de SP terão R$ 500 milhões em linhas de crédito

Financiamentos são para microempreendedores informais, empresas de pequeno e médio porte e prefeituras da região por meio do Desenvolve SP e Banco do Povo

Governo de SP vai disponibilizar até R$ 500 milhões em linhas de crédito para recuperação econômica da região. (Defesa Civil SP/ Governo do Estado de SP/Flickr)

Governo de SP vai disponibilizar até R$ 500 milhões em linhas de crédito para recuperação econômica da região. (Defesa Civil SP/ Governo do Estado de SP/Flickr)

Esfera Brasil
Esfera Brasil

Plataforma de conteúdo

Publicado em 27 de fevereiro de 2023 às 08h30.

Última atualização em 27 de fevereiro de 2023 às 11h18.

Para auxiliar na recuperação econômica das cidades afetadas pelas chuvas no litoral Norte de São Paulo, o governo do estado decidiu implementar três linhas de crédito, que totalizam mais de R$ 500 milhões, por meio do Banco do Povo e da Desenvolve SP.

O maior volume de recursos será destinado aos municípios do Litoral Norte e da Baixada Santista que foram os mais atingidos pelo temporal e deslizamentos de terra durante o feriado de Carnaval.

Segundo o governo, são R$ 283 milhões por meio da Desenvolve SP, que vão para Bertioga, Caraguatatuba, Guarujá, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba - cidades que decretaram estado de calamidade pública.

As prefeituras que acessarem os recursos terão carência de um ano para início do pagamento dos financiamentos. Serão acrescidos juros de 0,25% ao mês, além da taxa Selic.

Veja também: Empresas e entidades se mobilizam para ajudar vítimas da chuva no litoral de SP

Tragédia Yanomami mobiliza estudantes de São Paulo

"Vamos ter uma ajuda financeira bastante robusta. Vamos irrigar a região com crédito. Isso vai ser muito importante nesse momento, principalmente para quem perdeu tudo nessa tragédia", afirmou o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos). "É um empréstimo que não compromete o balanço da Desenvolve SP, porque temos uma garantia que é o repasse do ICMS. Temos condições de fornecer o crédito para que os municípios possam se reerguer", complementou.

Para as empresas de pequeno e médio porte, serão até R$ 200 milhões em financiamentos pela Desenvolve SP. A carência é de um ano, com prazo de pagamento de até cinco anos. Os contratos firmados nesta linha de crédito serão acrescidos da taxa Selic mais 0,57% ao mês nas parcelas.

Microempreendedores

O Banco do Povo vai disponibilizar R$ 30 milhões para microempreendedores e empreendedores informais. A expectativa do governo é atender ao menos 1.000 pequenos empreendedores. Podem ser contratados financiamentos de até R$ 21 mil. A carência para pagamento será de seis meses, com prazo de quitação dos créditos em dois anos. Nessa linha de crédito não serão cobradas taxas de juros

Sirenes

Após a tragédia que deixou mais de 50 mortos, o governo também prometeu instalar o sistema de sirenes. A ideia é que a população seja alertada sobre os riscos, mas também esteja treinada para atuar em determinadas situações. Tarcísio Freitas disse ainda que o governo pretende substituir os radares meteorológicos para melhorar a precisão das previsões de chuva na região.

Acompanhe tudo sobre:ChuvasDeslizamentos

Mais de Esfera Brasil

Socorro a gaúchos deverá contar com apoio de aviões dos Emirados Árabes

Letra de Crédito do Desenvolvimento cria novas condições para investimentos no Brasil

Para especialista, ações para recuperar RS devem envolver a população e priorizar prazos

Após R$15,3 bi em débitos de ICMS negociados, Acordo Paulista deverá contemplar devedores de IPVA

Mais na Exame