Tombini: fluxo de capital estrangeiro dificulta combate à inflação

Para o presidente do BC, o fluxo intenso de capital internacional acelera a expansão do crédito, em um momento em que é necessário o crescimento moderado

Brasília - A maior intensidade da entrada de capital estrangeiro no Brasil traz desafios no combate à inflação, na avaliação do presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, que participa de audiência pública na Câmara dos Deputados. Para o presidente do BC, o fluxo intenso de capital para o Brasil serve de “combustível” para a expansão rápida do crédito, em um momento em que é necessário o crescimento moderado.

Tombini disse que o aumento intenso da entrada de capital também gera impactos nos preços de ativos e no câmbio. Ele enfatizou, entretanto, que o Brasil precisa de investimentos estrangeiros e está aberto ao capital externo, mas é preciso atenção quanto à intensidade.

O presidente do BC destacou ainda que os preços das commodities (produtos básicos com cotação internacional) agrícolas e do petróleo também têm estimulado a inflação no Brasil.

Ele reforçou que, mesmo com o “forte aumento dos preços das commodities”, o BC mantém o objetivo de fazer a inflação convergir para a meta, que é de 4,5%, com margem de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. A expectativa do mercado financeiro para a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) está em 6,37%, acima do centro da meta.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também