Live icon 

ELEIÇÕES 2022:  

Lula e Bolsonaro vão disputar o segundo turno Veja agora.

Pedidos de falência caem 8,4% de janeiro a maio, diz Boa Vista

Neste mesmo período, as falências decretadas retraíram 7,0%, enquanto os pedidos de recuperação judicial caíram 21,7%
Falência: os indicadores de solvência mantiveram a trajetória de arrefecimento (Foto/Thinkstock)
Falência: os indicadores de solvência mantiveram a trajetória de arrefecimento (Foto/Thinkstock)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 02/06/2017 às 16:41.

São Paulo - Os pedidos de falência no país registraram queda de 8,4% de janeiro a maio deste ano na comparação com igual intervalo de 2016.

No mesmo período, as falências decretadas retraíram 7,0%, enquanto os pedidos de recuperação judicial caíram 21,7% e as recuperações judiciais deferidas diminuíram 18,1%.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 2, pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

O levantamento mostra que os indicadores de solvência mantiveram a trajetória de arrefecimento quando analisados no acumulado em 12 meses.

Considerando este cenário, o caixa das empresas deve apresentar recuperação mais forte nos próximos meses, "uma vez superado o período de restrição ao crédito e redução do consumo, entre outros fatores", diz a Boa Vista SCPC em nota.

Segundo a instituição, essa tendência deve encontrar respaldo também em "uma atividade econômica mais acelerada, além de juros menores e inflação módica".

O indicador de falências e recuperações judiciais é elaborado a partir da apuração de dados mensais registrados na base da dados da Boa Vista SCPC.