O peso de cada produto no bolso do consumidor em novembro

Veja qual foi o aumento e o impacto da alimentação, habitação, transportes e outras categorias na inflação do mês, divulgada hoje pelo IBGE

São Paulo - A inflação de novembro foi divulgada hoje: o aumento foi de 0,54%, um pouco abaixo dos 0,57% de outubro.

Enquanto a alimentação pesou menos, aumentos de combustíveis e passagens aéreas pressionaram para cima a categoria "transportes".

No setor "despesas pessoais", o maior preço do cigarro e do custo de empregados domésticos foram os grandes responsáveis pela alta.

Veja a seguir o aumento e impacto de cada categoria:

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.