Lucro de estatais da China recua 10,9% em janeiro e fevereiro

O balanço mostra o primeiro declínio desde 2009

Pequim - O lucro das empresas estatais não financeiras da China recuou 10,9 por cento nos dois primeiros meses de 2012 em relação ao mesmo período do ano anterior, informou o Ministério das Finanças. Esse foi o primeiro declínio desde 2009.

Essas companhias, controladas por Pequim e por governos locais, registraram lucro de 363,5 bilhões de iuans (57,5 bilhões de dólares) em janeiro e fevereiro, de acordo com comunicado no site do ministério.

Empresas das áreas de siderurgia, petroquímica, construção e maquinário sofreram queda nos lucros, enquanto as de tabaco e telecomunicações tiveram aumento nos ganhos, de acordo com o comunicado.

Em todo o ano de 2011, essas empresas tiveram um aumento no lucro de 12,8 por cento, ante ganho de 38 por cento em 2010, devido ao impacto do enfraquecimento da demanda externa sobre a segunda maior economia do mundo.

O Escritório Nacional de Estatísticas deve anunciar o lucro de todas as empresas industriais da China na próxima semana.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.