Governo quer vender R$3 bi em imóveis em 2020 após frustração em 2019

No ano passado, o Executivo só conseguir vender 180 milhões de reais de uma meta originalmente estipulada em 1 bilhão de reais

O governo federal quer vender 3 bilhões de reais em imóveis neste ano, afirmou o secretário de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, Fernando Bispo, após conseguir vender 180 milhões de reais em 2019 de uma meta originalmente estipulada em 1 bilhão de reais.

Falando com jornalistas nesta segunda-feira, Bispo pontuou que entraves ligados ao registro dos imóveis dificultaram a realização do plano do governo no ano passado.

Agora, a expectativa é que uma Medida Provisória (MP) enviada ao Congresso no fim de dezembro pavimente o caminho para um processo mais ágil, inclusive com participação ativa do BNDES.

Segundo Bispo, há potencial para levantar 36 bilhões de reais até o fim de 2022 com a venda de imóveis da União.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.