Governo não pretende concessionar outro grande aeroporto

Ideia era inicialmente fazer a concessão dos maiores aeroportos, aumentando a concorrência com a chegada de grandes operadoras

Rio de Janeiro - O governo federal não pretende concessionar nenhum outro grande aeroporto, afirmou nesta sexta-feira o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco, em evento no Rio de Janeiro.

Segundo Moreira Franco, a ideia era inicialmente fazer a concessão dos maiores aeroportos, aumentando a concorrência com a chegada de grandes operadoras.

O governo já concedeu os terminais de Guarulhos, Viracopos, Brasília, Galeão e Confins no modelo pelo qual a estatal Infraero entra como sócia do consórcio responsável por administrar o aeroporto com 49 por cento de participação.

Também foi feito o leilão de um terminal totalmente novo, o de São Gonçalo do Amarante (RN), mas nesse caso a administração é 100 por cento pela iniciativa privada.

Moreira Franco acrescentou que os leilões de aeroportos têm como objetivo levar vantagens de segurança, preço e qualidade de serviço para os passageiros.

"Agora precisamos fazer uma avaliação, medir o impacto dessas concessões que já foram feitas", afirmou o ministro, descartando novos leilões no curto prazo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.