A página inicial está de cara nova Experimentar close button

França recua e pede manutenção de negociações entre UE e EUA

Os comentários acontecem após Matthias Fekl afirmar que a UE deveria encerrar as conversas com os EUA por causa das poucas concessões dadas por Washington

Paris - O ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Marc Ayrault, afirmou nesta sexta-feira que quer a continuidade das negociações comerciais entre a União Europeia e os Estados Unidos, mas que deseja mais concessões por parte dos norte-americanos.

"A França não é contra acordos comerciais", afirmou em entrevista à TV local. "A França apenas quer melhores condições."

Os comentários acontecem após o ministro do Comércio, Matthias Fekl, afirmar na quarta-feira que a UE deveria encerrar as conversas com os EUA por causa das poucas concessões dadas por Washington.

Os comentários contraditórios de Ayrault e Fekl mostram que a França tenta influenciar seus vizinhos a pressionarem por um acordo que possa ser mais favorável a seus próprios interesses.

Os EUA e a UE começaram a negociar um novo acordo em 2013, mas a dificuldade em ceder em pontos importantes em ambos os lados têm emperrado a negociação.

"Aqueles que acreditam que podemos assinar um acordo antes das eleições estão errados", afirmou Ayrault.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também