BC da Argentina volta a aumentar juros e taxa básica vai a 40%

A decisão é a mais nova tentativa da autoridade monetária para conter a disparada do dólar ante o peso argentino

São Paulo - O Banco Central da Argentina voltou a elevar os juros básicos da economia, passando a taxa para 40%, nesta sexta-feira.

A decisão é a mais nova tentativa da autoridade monetária para conter a disparada do dólar ante o peso argentino, depois de elevar os juros em seis pontos porcentuais entre a última sexta-feira e ontem.

"A autoridade monetária tomou essas decisões com o objetivo de evitar comportamentos disruptivos no mercado de câmbio e garantir o processo de desinflação", disse o BC em comunicado.

A autoridade ressaltou, ainda, que está pronta para agir novamente, se necessário.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.