Aneel abre audiência pública de edital do leilão A-6 em 31/8

Três produtos serão ofertados, sendo dois na modalidade por quantidade e um por disponibilidade

Brasília - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) abriu audiência pública para discutir o edital do leilão de energia nova A-6, a ser realizado em 31 de agosto deste ano. Os empreendimentos que vencerem a disputa deverão entregar energia a partir de 1º de janeiro de 2024.

Três produtos serão ofertados, sendo dois na modalidade por quantidade e um por disponibilidade. Na modalidade quantidade, empreendimentos de fonte hidrelétrica terão o prazo de suprimento de 30 anos, e de fonte eólica, 20 anos. Será a primeira vez que as usinas eólicas serão contratadas por quantidade, modelo em que o risco é assumido pelo empreendedor.

Na modalidade por disponibilidade, poderão disputar termelétricas a biomassa, carvão e gás natural, com prazo de suprimento de 25 anos. Todas as fontes vão concorrer entre si.

O leilão terá duas fases: na primeira, concorrem hidrelétricas com potência superior a 50 MW. A demanda residual da primeira fase vai definir o volume que será contratado na segunda fase.

De acordo com informações da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), estão cadastrados 1.080 projetos, que totalizam 57,9 mil megawatts (MW) de potência. A maioria dos projetos (926) é de eólicas, enquanto a maior oferta de energia será de termelétricas a gás, com 27,6 mil MW.

O edital ficará aberto em audiência pública entre os dias 17 de maio e 25 de junho.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.