• AALR3 R$ 20,02 -0.60
  • AAPL34 R$ 67,22 -2.31
  • ABCB4 R$ 16,88 0.72
  • ABEV3 R$ 13,98 -0.71
  • AERI3 R$ 3,75 -3.10
  • AESB3 R$ 10,73 -2.19
  • AGRO3 R$ 31,05 0.49
  • ALPA4 R$ 20,10 -3.18
  • ALSO3 R$ 19,02 -2.31
  • ALUP11 R$ 27,10 -0.26
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,84 -1.06
  • AMER3 R$ 23,03 -4.32
  • AMZO34 R$ 63,32 -3.33
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 78,24 -1.60
  • ASAI3 R$ 15,79 -0.50
  • AZUL4 R$ 21,33 -2.87
  • B3SA3 R$ 12,00 -0.83
  • BBAS3 R$ 37,69 -0.72
  • AALR3 R$ 20,02 -0.60
  • AAPL34 R$ 67,22 -2.31
  • ABCB4 R$ 16,88 0.72
  • ABEV3 R$ 13,98 -0.71
  • AERI3 R$ 3,75 -3.10
  • AESB3 R$ 10,73 -2.19
  • AGRO3 R$ 31,05 0.49
  • ALPA4 R$ 20,10 -3.18
  • ALSO3 R$ 19,02 -2.31
  • ALUP11 R$ 27,10 -0.26
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,84 -1.06
  • AMER3 R$ 23,03 -4.32
  • AMZO34 R$ 63,32 -3.33
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 78,24 -1.60
  • ASAI3 R$ 15,79 -0.50
  • AZUL4 R$ 21,33 -2.87
  • B3SA3 R$ 12,00 -0.83
  • BBAS3 R$ 37,69 -0.72
Abra sua conta no BTG

"Elo mais fraco é o ser humano", diz especialista em segurança cibernética

Debate sobre segurança digital promovido pelo Future of Money reúne especialistas e aponta caminhos para minimizar riscos para empresas e consumidores
 (Reprodução/Pixabay)
(Reprodução/Pixabay)
Por Gabriel RubinsteinnPublicado em 05/11/2020 20:34 | Última atualização em 11/11/2020 17:35Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Em mais um painel do Future of Money — evento online da EXAME que discute assuntos ligados a inovação financeira e o futuro do dinheiro —, o tema foi a cibersegurança. Em um momento em que novos meios de pagamento e novos modelos de negócio começam a tomar conta do mercado, a segurança digital ganha cada vez mais relevância.

"Sem dúvidas o elo mais fraco é o ser humano", disse João Lucas Melo Brasio, diretor-executivo da Elytron Security, empresa especializada em auditoria e segurança da informação. Brasio trabalha como um "hacker do bem", que tenta atacar a empresa contratante a fim de encontrar falhas e vulnerabilidades. "Quem desenvolve as aplicações? Quem pode expor credenciais, ainda que de forma não intencional?", prosseguiu.

Segundo os especialistas convidados, se errar é parte da natureza humana, a tecnologia pode ser a solução para a maioria dos problemas de segurança digital:

"É preciso investir em tecnologia, não apenas para aumentar a segurança, mas também para melhorar a experiência do consumidor", disse Felippe Galeb, diretor de Soluções de Cibergurança da Mastercard. "È preciso encontrar equilíbrio entre gestão de risco e de segurança e a jornada do cliente. Como uma empresa de cartões vai saber se realmente quem está fazendo aquela compra é o dono do cartão?", disse, em referência à frustração que os sistemas antifraude podem causar quando erram.

"É possível zerar a fraude no mundo dos cartões. É só o banco negar todas as transações. Não vai ter fraude, mas também não vai ter transação boa. Então, como ninguém quer isso, é preciso investir em tecnologia. Inteligência artificial, biometria, biometria comportamental, autenticação, criptografia", complementou. "O controle de fraudes deve estar em equilíbrio com a experiência do cliente".

"A opção por esses novos métodos de pagamento que estão se colocando à disposição do mercado, como Pix, cartões, bancos digitais e afins depende única e exclusivamente do consumidor. E a escolha do consumidor passa principalmente pela confiança. Se o usuário não tiver confiança e segurança de que o meio eletrônico é seguro, ele não vai utilizar. Por isso é um tema tão importante", completou Galeb.

Head de Cybersecurity do BTG Pactual e mediador do debate, Gabriel Borges lembrou que a aceleração do processo de digitalização dos sistemas, serviços e produtos financeiros torna urgente a discussão e os avanços na área: "O risco cibernético só aumenta em todo o mundo, e o custo disso fica na casa dos trilhões de dólares".

A segurança cibernética é um tema relevante para o futuro do dinheiro, especialmente em momento de pandemia, em que muita gente está sendo obrigada a lidar com sistemas e ferramentas até então desconhecidas.

Para assistir ao debate sobre o assunto, na íntegra, clique no player abaixo:

Veja Também

Sem golpes: 7 dicas para proteger apps e smartphones
Tecnologia
Há 2 semanas • 6 min de leitura

Sem golpes: 7 dicas para proteger apps e smartphones

Hackers invadem rede social da OpenSea e dão golpe com "NFTs do YouTube"
Future of Money
Há 2 semanas • 3 min de leitura

Hackers invadem rede social da OpenSea e dão golpe com "NFTs do YouTube"