Acompanhe:

Estudo do Brasil identifica remédio com eficácia de 94% contra coronavírus

Medicamento de baixo custo teve resultados positivos nos exames em laboratório feitos no Brasil e agora será testado em pacientes humanos

Modo escuro

Continua após a publicidade
Teste em laboratório: pesquisadores brasileiros identificaram medicamento com alta capacidade de reduzir a replicação do vírus (Lucas Landau/Reuters)

Teste em laboratório: pesquisadores brasileiros identificaram medicamento com alta capacidade de reduzir a replicação do vírus (Lucas Landau/Reuters)

F
Filipe Serrano

Publicado em 15 de abril de 2020 às, 15h34.

Última atualização em 16 de abril de 2020 às, 16h07.

Pesquisadores brasileiros irão começar os testes em pacientes de um medicamento que, nos testes in vitro, demostrou ter 93,4% de eficácia em combater a infecção causada pelo novo coronavírus Sars-Cov-2. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 15, pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC).

Segundo o Ministério, serão testados cerca de 500 pacientes em cinco hospitais militares no Rio de Janeiro, em um hospital em São Paulo e em um hospital em Brasília.

O nome do medicamento é mantido em sigilo para evitar uma corrida às farmácias. Segundo o MCTIC, se trata de um medicamento já conhecido e comercializado. Ele tem baixo custo e é encontrado amplamente em todo o território brasileiro. O medicamento também não causa efeitos colaterais graves, ao contrário de outros remédios em estudo contra o novo coronavírus, de acordo com o ministério.

"Temos boas perspectivas que os resultados dessa pesquisa possam ser positivos e assim poderemos ajudar não só o Brasil, como outros países no combate à covid-19", disse o ministro Marcos Pontes, do MCTIC, em comunicado.

A pesquisa sobre o novo medicamento foi retratada em uma reportagem da edicão mais recente da EXAME. Cientistas do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas, utilizaram um método conhecido como "acoplamento molecular" (ou molecular docking) para simular em computador a interação de moléculas de medicamentos com as proteínas do novo coronavírus.

Mais de 2.000 medicamentos foram testados nesta simulação e seis remédios apresentaram resultados promissores, sendo que dois deles reduziram significativamente a replicação viral e, segundo os pesquisadores, tinham maior viabilidade comercial de serem usados no tratamento contra a covid-19.

Os medicamentos então foram testados em laboratório, para analisar como as células tratamas com o medicamento se comporta na presença do vírus. De acordo com o MCTIC, a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) deu autorização na terça-feira, 14, para o início dos testes clínicos do medicamento.

"A expectativa é que os testes clínicos que serão conduzidos por nossos parceiros na Rede Vírus MCTIC gerem dados robustos e positivos", diz Rafael Elias, pesquisador do CNPEM que participa do estudo. "Assim como toda a sociedade, esperamos que os resultados muito promissores encontrados nas pesquisas do CNPEM, in silico e in vitro, sejam confirmados nos testes clínicos, combatendo a doença dos pacientes."

As últimas notícias da pandemia do novo coronavírus

Últimas Notícias

Ver mais
Anvisa proíbe venda de álcool 70% em supermercados e farmácias
Brasil

Anvisa proíbe venda de álcool 70% em supermercados e farmácias

Há uma semana

Cerca de 70% dos brasileiros não conhecem o potencial de gravidade da gripe, diz pesquisa
Brasil

Cerca de 70% dos brasileiros não conhecem o potencial de gravidade da gripe, diz pesquisa

Há uma semana

Medicamentos ficam mais caros em todo o país hoje. Veja dicas de como achar os melhores preços
seloMinhas Finanças

Medicamentos ficam mais caros em todo o país hoje. Veja dicas de como achar os melhores preços

Há uma semana

Rival do Ozempic: Altimmune revela que seu injetável pode emagrecer e manter músculo
Ciência

Rival do Ozempic: Altimmune revela que seu injetável pode emagrecer e manter músculo

Há 2 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais