Tem na Amaro: a nova fase da marca voltada ao lifestyle das consumidoras

Da moda para o lar e bem-estar das consumidoras. Em entrevista exclusiva, Dominique Oliver, fundador e CEO da Amaro, comenta sobre a nova fase da marca

Para vestir as mulheres e agora fazer parte do dia a dia delas, esta é a nova proposta da Amaro. Nascida digitalmente há quase dez anos, a Amaro expandiu na vida de suas consumidoras de modo a não apenas vesti-las, mas também a oferecer itens de decoração, de beleza e nutrição. Com esse novo posicionamento como uma marca de lifestyle, Dominique Oliver, fundador e CEO da Amaro, conversou com exclusividade à Casual sobre a virada de chave da marca, que projeta um aumento de vendas de mais de 50% em 2021.  

Seu dinheiro está seguro? Aprenda a proteger seu patrimônio

Com enfoque no site e aplicativo, 80% da marca é voltada para o e-commerce. Assim, é claro que 2020 não foi um ano em que a Amaro precisou reavaliar o modelo de venda. Mas, em que houve crescimento de novas clientes consumindo produtos da marca. 

Em constante contato com clientes via chat, e-mail, Whatsapp e mensagens nas redes sociais, Oliver percebeu que estas também procuravam produtos de autocuidado, bem estar e para a casa. “A cliente Amaro adora muito a experiência que nós fornecemos do ponto de vista de descobrir o produto, a facilidade de compra, entrega e devolução. Ouvi muito das clientes, que estão cansadas de ter 15 logins diferentes para cada site de compra, para consumir cada uma dessas categorias em um lugar separado”, conta Oliver. 

Outro ponto que tocou a marca foi o crescimento dos marketplaces. “Hoje, comprando no marketplace existem muitos sellers, produtos duplicados e muitas fotos e descrições que não representam o produto. Muitas vezes faltam até as medidas do próprio item. A qualidade que a Amaro traz, veio também da frustração das clientes de marketplaces grandes”, explica. Para se destacar entre os outros revendedores, os produtos de marcas parceiras são fotografados pela Amaro, assim como toda a cadeia de vendas é feita pela Amaro, desde divulgação ao pós venda. 

Porém, a marca não se classifica como marketplace, mas como uma retail tech (modelo que visa a melhoria do atendimento e relacionamento com o cliente através de tecnologias virtuais). Com a curadoria das marcas parceiras e atenção ao cliente, a Amaro quer mostrar seu diferencial no mercado. “Os marketplaces horizontais vendem absolutamente tudo sem curadoria, muitas vezes confundindo os clientes com produtos duplicados que os fazem  duvidar da procedência. Na Amaro isso nunca vai acontecer”, ressalta Oliver. 

O suíço Dominique Oliver, fundador e CEO da Amaro.

O suíço Dominique Oliver, fundador e CEO da Amaro. (Amaro/Divulgação)

No site e aplicativo da marca já estão disponíveis itens que vão desde nutrição, como matchas da marca Íp, a cosméticos da Ahoaloe e também itens da própria Amaro como roupas de cama, pratos e vasos. Porém, o lançamento da nova fase da Amaro será feita no dia 22 de março, em uma campanha estrelada pela atriz Tainá Muller, com o slogan “Se tem na sua vida, tem na Amaro”.

Outra novidade que a loja irá introduzir em seu portfólio, a partir de abril, serão produtos de bem-estar sexual. Dentro da categoria de beleza a marca pretende desmistificar o prazer feminino, para isso, Dominique adianta que a Amaro pretende apresentar os produtos com uma comunicação visual diferente do que é feito atualmente. “Teremos fotos super legais e bem feitas. As clientes serão atraídas pelas avaliações de outras clientes e pela nossa curadoria, que cuida das descrições dos produtos. Nosso posicionamento de empoderamento feminino trará visibilidade para essa categoria, queremos acabar com o tabu destes produtos”, comenta.

Com uma categoria nichada, vendida principalmente por lojas especializadas, Dominique comenta que houve uma alta demanda por este tipo de produto durante a pandemia. “Muitas vezes a própria mulher não sabe onde encontrar esses produtos de qualidade, com uma curadoria bem feita, onde pode confiar nesses produtos e nas marcas. Será algo inovador para o mercado”, complementa. 

A atriz Tainá Muller estrela a campanha da nova fase da marca, a partir de 22 de março.

A atriz Tainá Muller estrela a campanha da nova fase da marca, a partir de 22 de março. (Amaro/Divulgação)

Até o final do ano estão previstas mais de 300 marcas parceiras cadastradas no site. Para serem revendidas, estas precisam se alinhar com a Amaro em questões como relevância cultural e sustentabilidade. “A marca precisa ter um produto ou uma comunicação que vai muito além de um produto comoditizado, além de ter práticas sustentáveis ou estar neste caminho”, comenta Oliver. 

Falando em sustentabilidade, dependendo do tamanho do produto, como peças de roupas, são entregues em envelopes de papel kraft, diminuindo o volume e aumentando a capacidade de entrega. Os plásticos utilizados nas embalagens dos produtos e sacolas são reciclados de coletas do litoral brasileiro, além de firmarem parcerias com empresas como a Eu Reciclo. “Logo iremos anunciar para o mercado uma iniciativa que tem um olhar holístico para a mensuração do impacto ambiental da marca”, finaliza Oliver.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também