• AALR3 R$ 20,06 1.88
  • AAPL34 R$ 70,18 -4.39
  • ABCB4 R$ 16,60 -1.95
  • ABEV3 R$ 14,20 -3.60
  • AERI3 R$ 3,78 -2.83
  • AESB3 R$ 10,66 -1.39
  • AGRO3 R$ 30,75 -2.81
  • ALPA4 R$ 20,98 -2.37
  • ALSO3 R$ 19,47 -3.23
  • ALUP11 R$ 26,41 0.19
  • AMAR3 R$ 2,38 -2.46
  • AMBP3 R$ 30,90 1.95
  • AMER3 R$ 22,96 -0.26
  • AMZO34 R$ 67,68 -6.44
  • ANIM3 R$ 5,52 -3.33
  • ARZZ3 R$ 82,09 -0.82
  • ASAI3 R$ 15,48 -2.21
  • AZUL4 R$ 21,30 -4.01
  • B3SA3 R$ 11,54 -3.03
  • BBAS3 R$ 35,85 -1.59
  • AALR3 R$ 20,06 1.88
  • AAPL34 R$ 70,18 -4.39
  • ABCB4 R$ 16,60 -1.95
  • ABEV3 R$ 14,20 -3.60
  • AERI3 R$ 3,78 -2.83
  • AESB3 R$ 10,66 -1.39
  • AGRO3 R$ 30,75 -2.81
  • ALPA4 R$ 20,98 -2.37
  • ALSO3 R$ 19,47 -3.23
  • ALUP11 R$ 26,41 0.19
  • AMAR3 R$ 2,38 -2.46
  • AMBP3 R$ 30,90 1.95
  • AMER3 R$ 22,96 -0.26
  • AMZO34 R$ 67,68 -6.44
  • ANIM3 R$ 5,52 -3.33
  • ARZZ3 R$ 82,09 -0.82
  • ASAI3 R$ 15,48 -2.21
  • AZUL4 R$ 21,30 -4.01
  • B3SA3 R$ 11,54 -3.03
  • BBAS3 R$ 35,85 -1.59
Abra sua conta no BTG

STJD cassa liminar e impede torcida em partidas do Flamengo

A decisão foi tomada um dia após o time carioca entrar em campo pela Copa do Brasil, contra o Grêmio, com a presença de mais de 5 mil torcedores no Maracanã
Flamengo: O auditor do STJD Felipe Bevilacqua deferiu o pedido feito por 17 clubes da Série A e pela própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para vetar a presença de torcedores em jogos do Flamengo (Reuters/Ricardo Moraes)
Flamengo: O auditor do STJD Felipe Bevilacqua deferiu o pedido feito por 17 clubes da Série A e pela própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para vetar a presença de torcedores em jogos do Flamengo (Reuters/Ricardo Moraes)
Por ReutersPublicado em 16/09/2021 16:56 | Última atualização em 17/09/2021 21:47Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O Flamengo não poderá mais jogar com torcida nos próximos jogos, após o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) cassar nesta quinta-feira uma liminar que permitia que o time realizasse partidas no Maracanã com a presença de público.

A decisão foi tomada um dia após o time carioca entrar em campo pela Copa do Brasil, contra o Grêmio, com a presença de mais de 5 mil torcedores no Maracanã. O clube esperava ter torcedores também no jogo de domingo, contra o mesmo adversário, pelo Campeonato Brasileiro.

No entanto, a presença de torcida em jogos do Flamengo foi questionada pelos demais clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, que ameaçavam não entrar em campo na próxima rodada por entender que o clube do Rio de Janeiro estava sendo favorecido, uma vez que outras cidades ainda não autorizaram a volta de torcedores devido à pandemia.

O auditor do STJD Felipe Bevilacqua deferiu o pedido feito por 17 clubes da Série A e pela própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para vetar a presença de torcedores em jogos do Flamengo.

"Tratando-se de matéria com escopo relevante e que traduz, em análise perfunctória, probabilidade de dano de difícil ou incerta reparação com a iminente não realização da rodada deste próximo final de semana, concedo parcialmente o efeito suspensivo ativo vindicado", disse Bevilacqua em trecho de sua decisão.

Os jogos do Flamengo foram liberados pela prefeitura do Rio para receber torcedores como eventos-teste. Para ter acesso, o torcedor precisava apresentar teste negativo de Covid e apresentar carteira de imunização, além do uso de máscara e distanciamento social.

Fique por dentro das principais notícias do Brasil e do mundo. Assine a EXAME