• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Revolução do Churrasco: o que é bacon artesanal e como fazer em casa

O oitavo episódio da série reúne dicas para consumir e defumar o produto usando panela e fogão
Bacon in natura (Divulgação/Divulgação)
Bacon in natura (Divulgação/Divulgação)
Por Paty Moraes NobrePublicado em 18/06/2020 19:16 | Última atualização em 29/09/2020 13:29Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Para explicar o que é bacon, a jornalista Paty Moraes Nobre recorre ao zootecnista e professor da Unesp de Botucatu, no interior de São Paulo, Luis Artur Chardulo. “Existem vários tipos de bacon no mundo todo, mas são três grupos clássicos: o americano, também chamado de panceta, na Itália, que é o belly bacon, feito da barriga do porco. Entende-se por barriga desde a região do ventre, subindo pelo costado do animal até a região do lombo. Há também o bacon canadense, que tem muito mais carne do que gordura porque é feito do lombo, e o bacon britânico, que é intermediário na quantidade de carne e gordura”, analisa Chardulo.

O bacon me salvou da depressão

Henry Rolim, da FA Defumados, é conhecido como O Cara do Bacon. Antes de ter uma fábrica artesanal de produtos defumados (bacon, costelinha suína, pastrami bovino etc.), ele fazia bacon na própria cozinha.

Henry Rolim, da FA Defumados, (divulgação/Divulgação)

“Descobri a defumação depois que fiquei muito doente. Tive uma depressão forte que quase me matou. Eu me enterrei em casa e, para não morrer, decidi que ia ter um hobby e comecei a fazer alguns cursos ligados à gastronomia. Alguns eram relacionados a carne e me achei no curso de cura para conservação e defumação de alimentos”, lembra ele.

“Comecei a fazer bacon em casa, alguns amigos levaram e deram para chefs de cozinha. Depois disso, meu telefone começou a tocar (março de 2017) e estamos aqui até hoje. Em dois meses, passei de 20 kg/mês de produto para quase 1 tonelada. Atualmente, não faço mais em casa porque são 12 toneladas de bacon, além de outros produtos, feitos num outro local, com planta SISP e tudo bem organizado”, comemora.

Bacon artesanal x industrial

De acordo com o empresário, existem grandes diferenças entre o bacon artesanal e o industrial, e a principal é o tempo de preparo. “Faço a cura seca (temperos secos na parte externa da carne), a massagem e, após uma semana, a lavagem e a defumação natural, com fumaça de lenha de macieira. A indústria, em geral, usa cura líquida (tempero injetado na carne) e fumaça líquida também, o que acelera o processo para apenas 24h”, compara.

Como defumar bacon na cozinha de casa

Para entender como fazer bacon de panela e fogão, o melhor é conferir a explicação dada por Henry no próprio episódio, que traz um trecho da gravação do especialista para o canal do YouTube Hambúrguer Perfeito, de Fabrício Schibuola.

Segundo Henry, deve-se colocar a lenha dentro de uma panela grande, jogar grãos como café, pimenta do reino e açúcar. Em seguida, empilhar uma forma de pizza para fechar a defumação na panela. Subindo mais um nível com uma forma de pizza furada, deve-se posicionar a carne suína para a fumaça introduzir na carne e tampar a panela por 2 horas em fogo baixo.

Bacon frito (Divulgação/Divulgação)

Bacon faz mal?

Segundo o cardiologista Fernando Nobre, as pessoas não devem se privar de comer carnes gordas, onde estão as gorduras saturadas. “Essas gorduras têm papel na formação de placas, que chamamos de aterosclerose, e não são recomendadas para um consumo abusivo. No entanto, o consumo moderado de, no máximo, 7% a 10% da quantidade de calorias ingeridas por dia é permitido”, indica ele.

Gostou? Então, curta, comente e compartilhe a série com os amigos. Até a próxima semana!