Casual

Retrato misterioso pintado por Klimt está à venda por 32 milhões de dólares

Não se sabe com certeza quem está retratada na obra do mais famoso pintor austríaco da história

Pintura foi feita um ano antes da morte de Klimt (Foto: Roland Schlager / AFP/-)

Pintura foi feita um ano antes da morte de Klimt (Foto: Roland Schlager / AFP/-)

Publicado em 23 de abril de 2024 às 08h34.

Na quarta-feira, 24, uma casa de leilões na Europa colocará à venda uma pintura de Gustav Klimt. O preço estimado é de pelo menos 32 milhões de dólares, ou pouco mais de 165 milhões de reais.

A obra, porém, está cercada de mistérios. Não se sabe com certeza -- ou, ao menos, não se tornou público -- quem é a mulher retratada e tampouco quem é o dono da pintura.

A venda se dará em Viena, em uma casa de leilões chamada im Kinsky. Até agora, a maior venda realizada pelo estabelecimento foi em 2010. Na ocasião, a obra, de 6,1 milhões de dólares, era de Egon Schiele.

Em uma conferência em janeiro anunciando a venda da peça de Klimt, um dos chefes executivos da im Kinsky afirmou que 'está tudo no escuro'.

Embora se saiba que a pintura pertencia a uma família judia durante a anexação da Áustria ao Terceiro Reich, não se tem informações acerca do que exatamente aconteceu com a obra nesse período. À época, era comum que os pertences de judeus fossem cooptados pelos nazistas.

A pintura foi avistada pela última vez durante uma exposição em Viena em 1925. Após isso, a obra desapareceu, até que ressurgiu com os atuais proprietários.

A peça, intitulada 'Retrato da Senhorita Lieser', foi produzida em 1917. A pintura foi encomendada por uma família judia afluente.

A casa de leilões sugere que a menina retratada pode ser uma das filhas adolescentes de Henriette Lieser: Helene, que se tornou uma economista, ou Annie, uma dançarina. A informação, no entanto, não é certeira.

O retrato, porém, não foi terminado. Klimt morreu em 1918, durante a pandemia de influenza.

Com informações do New York Times.

Acompanhe tudo sobre:ArteViena (Áustria)

Mais de Casual

O barulho da Kenner: com Anitta e ‘passinho’, marca de sandálias quer conquistar os EUA

Como ecolher um bom vinho — e de quais 'ficar longe', segundo sommelier

Guia Michelin: 21 restaurantes do Rio de Janeiro e de São Paulo ganham estrelas; confira

Com mais de mil modelos de sapatos, marca paranaense inaugura primeira loja em São Paulo

Mais na Exame