Acompanhe:

Se fosse feita hoje, uma enquete para identificar o sapato masculino mais versátil talvez apontasse para o mocassim, o clássico modelo sem cadarços que tem como característica a sola separada do corpo e, no caso dos chamados loafers, a tira de couro na parte de cima.

Existem dezenas de interpretações do modelo, de materiais diversos que vão de lona a camurça, solados de couro ou de borracha, cores das mais diversas. Qual seria então o mocassim ideal, com o formato mais clássico e ao mesmo tempo com ar contemporâneo, que vai bem em todas as ocasiões?

Louie e Oficina Reserva lançam modelo

Diversas marcas tentam chegar a essa resposta e têm lançado suas versões. A Oficina Reserva, do grupo Ar & Co, acaba de se unir à Louie para apresentar sua interpretação do clássico sapato.

Trata-se da primeira colaboração da marca de sapatos nascida em Franca, no interior de São Paulo. A ideia foi tentar unir atributos de estilo, conforto e durabilidade, dentro da tendência do momento do mercado de moda de oferecer peças discretas, clássicas e atemporais. O modelo lançado agora pelas duas marcas é uma edição limitada e numerada e chegará às lojas na semana que vem.

Segundo a Louie, o modelo é feito à mão, com o auxílio de maquinários especiais. A intenção foi a de lançar um modelo ao mesmo tempo casual e sofisticado, que transita entre o escritório e a noite. Nas cores preto e café, tem o interior forrado em couro natural e permite ser usado sem meias. O preço é 1.299 reais.

Collab de Louie e Oficina Reserva

Collab de Louie e Oficina Reserva: versões em preto e marrom (Larissa Kreili/Divulgação)

O mocassim, de Hollywood ao Tik Tok

Reza a lenda que o estilo mocassim foi criado por povos indígenas dos Estados Unidos, no século 18. O nome viria da palavra makasim, na língua falada por algumas tribos no estado da Virgínia. O sapato ganhou mesmo popularidade a partir dos anos 1930.

Mocassim virou o termo genérico para diversas variações. Nos anos 1950, os estudantes da Ivy League adotaram a versão com a tira de couro em cima, que passou a se chamar penny loafer. Isso porque virou uma brincadeira entre eles guardar uma moeda de um penny por baixo dessa faixa. No fim essa versão ficou conhecida como loafer.

Por essa época a Gucci lançou seu modelo de mocassim com a célebre placa de metal por cima e a peça passou a figurar na alta moda, nos segmentos masculino e feminino. De John Kennedy a Audrey Hepburn, celebridades passaram a adotar o estilo nos pés.

Depois disso, e por um bom tempo, o modelo foi considerado formal demais e associado às gerações mais velhas, sem muito espaço nos armários cada vez mais abarrotados de sneakers.

Até que, para a felicidade dos apreciadores de moda, dentro da proposta de um estilo mais duradouro e sem gênero, o mocassim voltou nos últimos anos com tudo, nas passarelas das semanas de moda da Europa, nas ruas e onde mais se não nos vídeos curtos do Tik Tok, onde a hashtag loafer acumula até o momento mais de 460 milhões de visualizações.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Semana de Moda de Milão: Prada celebra o amor — e Bottega, o cotidiano
Casual

Semana de Moda de Milão: Prada celebra o amor — e Bottega, o cotidiano

Há 6 dias

A nova coleção de óculos Ferrari que marca entrada no portfólio da EssilorLuxottica
Casual

A nova coleção de óculos Ferrari que marca entrada no portfólio da EssilorLuxottica

Há uma semana

As lições de um empresário que largou a CLT e deve faturar R$ 25 milhões com moda e viagem
seloCarreira

As lições de um empresário que largou a CLT e deve faturar R$ 25 milhões com moda e viagem

Há uma semana

Biometano, economia circular e impacto social: o que moveu o ESG das empresas nesta semana
ESG

Biometano, economia circular e impacto social: o que moveu o ESG das empresas nesta semana

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais