Casual

Para além da varanda gourmet: incorporadora de luxo inclui tratamentos de bem-estar nos edifícios

O edifício AGE360 terá spa com tratamentos com curadoria da Lapinha SPA, consultório médico para atendimento no prédio e dois tipos de sauna

ÍCARO Jardins do Graciosa, com arquitetura assinada por Arthur Casas. (Divulgação/Divulgação)

ÍCARO Jardins do Graciosa, com arquitetura assinada por Arthur Casas. (Divulgação/Divulgação)

Júlia Storch
Júlia Storch

Repórter de Casual

Publicado em 1 de março de 2023 às 10h00.

Última atualização em 1 de março de 2023 às 14h38.

Para além da piscina, varanda gourmet e academia, a incorporadora paranaense AG7 desenvolve "wellness buildings", empreendimentos que incluem salão de beleza, salas de massagem e quadras de beach tênis e vôlei de praia.

Um dos empreendimentos de destaque da incorporadora é o AGE360, edifício residencial que conta com a assinatura do escritório franco-brasileiro Triptyque Architecture e do Architects Office e que será entregue em janeiro de 2024.

O edifício de 33 apartamentos contará com uma área verde que se estende desde a sua base até o topo, e diversas áreas voltadas para a categoria wellness, como spa com tratamentos com curadoria da Lapinha SPA, consultório médico para atendimento no prédio, dois tipos de sauna e piscina com a vista voltada para o parque Barigui.

Espelho d'água na entrada do AGE360. (Divulgação/Divulgação)

Com os atrativos, o AGE360 foi certificado como o primeiro edifício Wellness Building do Brasil e foi reconhecido com o Fitwel, selo internacional de saúde e bem-estar, considerado atualmente o prédio mais saudável do mundo. O preço médio por metro quadrado é de R$ 20,4 mil, e as áreas variam entre 200 metros quadrados e 560 metros quadrados.

O CEO da AG7, Alfredo Gulin Neto, destaca que a ideia do AGE360 é "trazer a consciência de como morar prezando a qualidade de vida, saúde e bem-estar". Ele ainda complementa que o edifício "representa apenas uma parte do Ecoville, mas carrega consigo o conceito de lar que pensamos para um futuro ESG. O mesmo raciocínio se aplica à luz solar, que não é repelida por conta da construção disruptiva, a qual conversa com o ambiente externo em todos os andares".

Outro empreendimento da AG7 é o residencial ÍCARO, no bairro Cabral, em Curitiba. Com projeto arquitetônico assinado pelo studio Arthur Casas e paisagismo por Renata Tilli, o empreendimento contempla três torres, muita luz natural, terraços e jardins suspensos em todas as unidades. As plantas personalizadas têm diferentes metragens, entre 315 metros quadrados e 840 metros quadrados, e o preço dos apartamentos varia de R$ 4,8 milhões a R$ 11,4 milhões.

Área da piscina. (Divulgação/Divulgação)

"Tornamos os únicos parceiros da América do Sul do Global Wellness Institute, o GWI, e juntos realizamos no país o primeiro estudo brasileiro sobre a economia do bem-estar, nos colocando no papel de fomentar este ecossistema e fortalecer nosso propósito de inspirar pessoas a viver bem", diz o CEO.

A inspiração dos edifícios vem de Nova York, com o Hotel Equinox. "O Equinox é um grande exemplo de produto imobiliário que se preocupa com todos os pontos de bem-estar e hospitalidade de seus clientes e evidencia o quanto as pessoas realmente procuram por esse tipo de serviço onde quer que estejam, de férias ou não", explica Alfredo.

Já são três empreendimentos construídos com foco no luxo e bem-estar, além de quatro outros edifícios, sendo um para este ano e outros para 2024 e 2025. Os valores do mercado de construção de prédios wellness também são expressivos, com expectativa de ultrapassar a casa dos R$ 900 milhões de VGV (Valor Geral de Vendas).

Além dos empreendimentos em Curitiba, a incorporadora parte para a cidade conhecida por abrigar os prédios mais altos do país, Balneário Camboriú, após a compra de um terreno localizado na Praia do Estaleirinho.

Ao todo, são mais de 12 mil metros quadrados adquiridos, com um valor total investido de aproximadamente de R$ 282 milhões, com previsão de R$ 500 milhões em vendas gerais (VGV) e expectativa de um aumento de 30% no faturamento da empresa.

Quem assina o projeto é o arquiteto Isay Weinfeld, com portfólio que inclui hotéis para o Grupo Fasano em São Paulo, Punta del Este e Porto Feliz, o Centro Cultural Midrash no Rio de Janeiro e o Square Nine Hotel em Belgrado.

“Como a região permite edificações de apenas 3 pavimentos, trataremos o projeto seguindo a escala humana, respeitando o entorno e fazendo os moradores se sentirem em uma casa, e é claro, respeitando nosso propósito de inspirar as pessoas a viver bem, tendo em mente que este é o lugar que proporciona o ápice da saúde e bem-estar, exaltando todos os princípios wellness", explica Alfredo Neto, CEO da AG7.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos pra você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

Acompanhe tudo sobre:Bem-estarPrédios residenciais

Mais de Casual

Resort do Four Seasons nas Bahamas é repaginado por Jacquemus

Tadáskía: o novo nome brasileiro presente no MoMA

Conheça o laboratório subterrâneo de Paris que revela os segredos das obras de arte

Disney planeja grandes investimentos para parques temáticos

Mais na Exame