Mecânico bate contra árvore e destrói Ferrari Enzo ultrarrara

O carro destruído é avaliado em mais de 3 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões)
 (Jeffrey de Ruiter/Exame)
(Jeffrey de Ruiter/Exame)
Carlo Cauti
Carlo Cauti

Publicado em 26/01/2022 às 17:19.

Última atualização em 26/01/2022 às 18:27.

O que você sentiria após bater uma Ferrari Enzo ultrarrara contra uma árvore, destruindo o carro?

Foi o que ocorreu com um mecânico de uma concessionária da cidade de Baarn, nos Países Baixos, que perdeu o controle da Ferrari e foi bater contra uma das árvores que beiram a estrada.

O homem parece ter perdido o controle do veículo, por causa da estrada molhada, e colidiu contra o tronco.

Uma dinâmica aparentemente banal, se não fosse que a Ferrari é avaliada em mais de 3 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões).

Ferrari Enzo entre os carros mais raros (e valiosos)

O modelo Enzo, criado para comemorar os 55 anos da casa italiana, foi produzido entre 2002 e 2004 em apenas 399 unidades.

O mecânico não se feriu, pois a estrutura de segurança e os airbags o protegeram do impacto. Mas o veículo sofreu sérios danos na mecânica e na carroceria.

As estruturas de carbono e outros elementos obtidos a partir de fusões "racing" — para reduzir o peso para apenas 1.255 kg — exigirão reparos e substituições longos e complexos.

As tecnologias necessárias para os reparos são oferecidas por poucos centros especializados no mundo inteiro, autorizados pela Ferrari.

Com certeza, a conta será uma das mais caras que um mecânico comum pode imaginar.

Nos Países Baixos havia apenas três exemplares de Ferrari Enzo, todos guardados em garagens blindadas e, em tese, conduzidos com muita atenção.

Isso porque a potência exuberante (660 hp) do motor V12 6.0 e os sistemas de estabilidade e controle de tração, como era usado na época do lançamento em 2002, deixam o carro difícil de dirigir.

Após o acidente, e provavelmente por muito tempo, apenas duas Ferrari continuarão em circulação no país europeu.