Havaianas Pride: a coleção que vem impactando a comunidade LGBTQIA+ pelo mundo

Desde o lançamento da linha Pride, 7% do lucro líquido das vendas dos produtos foram para a ONG All Out, resultando em mais de 260 mil reais doados

Como uma marca reconhecida dentro e fora do país pode auxiliar comunidades? Para a Havaianas, foi através da coleção “Pride”, lançada em junho do ano passado, e que vem colhendo frutos desde então.

Seu dinheiro está seguro? Aprenda a proteger seu patrimônio

Com a plataforma, a marca de chinelos reconhecida mundo afora afirmou comprometimento com a comunidade LGBTQIA+, ao destinar 7% do lucro líquido das vendas para a ONG All Out, movimento global que luta pelos direitos da comunidade. Além disso, os produtos da linha "Pride" foram incluídos no portfólio permanente da Havaianas. 

A ONG mobiliza milhares de pessoas em defesa dos direitos LGBTQIA+, promove campanhas ao redor do mundo, que vão desde abaixo-assinados, ações de imprensa e em redes sociais, protestos de rua ou outras ações, até campanhas de financiamento coletivo.

Para o Diretor Regional da All Out na América Latina, Leandro Ramos, a organização luta por “um mundo onde ninguém tenha de sacrificar sua família ou liberdade, segurança ou dignidade, por ser quem é ou amar quem ama”, explica. 

Em oito meses, foram vendidos mais de 150 mil itens da linha Havaianas Pride, que conta com street bag (R$ 99,99), sandálias (a partir de 42,90), pins (29,99), meias (R$ 55,99), body (R$ 149,99), e que reverteu mais de 260 mil reais para a All Out. 

Street Bag Havaianas Pride (R$99,99).

Street Bag Havaianas Pride (R$99,99). (Havaianas/Divulgação)

A verba arrecadada pela marca e destinada à All Out, apoiou a realização de ações como apoio emergencial da comunidade LGBTQIA+ em Beirute após a grande explosão que destruiu parte da capital do Líbano, um dos quase 70 países que ainda criminalizam a homossexualidade. A campanha também auxiliou o escritório da organização parceira, o Proud Lebanon, um dos principais grupos LGBT+ do país, que ficava próximo ao local da explosão e foi atingido gravemente.

A destinação da verba também se voltou contra os ataques a pessoas LGBTQIA+ na Polônia, com um pedido para que a União Europeia se posicionasse contra os ataques contra a comunidade no país europeu. A campanha realizou uma grande projeção no prédio da Comissão Europeia em Bruxelas.

Body Havaianas Pride
(R$149,99).

Body Havaianas Pride
(R$149,99). (Havaianas/Divulgação)

Além disso, o projeto permitiu que um abrigo para jovens LGBTQIA+ na Cidade do México, a Casa Frida, não interrompesse suas atividades durante a pandemia. Já no Brasil, o apoio da marca permitiu que a All Out levasse adiante o projeto Acolhe LGBT+, que já conectou mais de 500 pessoas LGBTQIA+ que precisam de acolhimento psicológico com profissionais de psicologia.

Ainda este ano, a Havaianas lançará um segundo lançamento da linha Pride, e manterá o compromisso com a comunidade LGBTQIA+. “Implementar um projeto como esse nos dá a certeza de que estamos materializando a proposta de marca e, mesmo sabendo que ainda é pequeno, fazendo nosso papel para a sociedade.” afirma Fernanda Romano, CMO da Alpargatas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.