Acompanhe:

Gene Wilder, o Willy Wonka clássico, morre aos 83 anos

Wilder morreu na sua casa em Stamford, em Connecticut, de complicações do mal de Alzheimer, declarou um comunicado da família

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Wilder: ele havia optado por manter o Alzheimer em segredo para que as crianças que o conheciam como Willy Wonka não vinculassem o personagem com uma doença
 (Lucas Jackson / Reuters)

Wilder: ele havia optado por manter o Alzheimer em segredo para que as crianças que o conheciam como Willy Wonka não vinculassem o personagem com uma doença (Lucas Jackson / Reuters)

D
Da Redação

Publicado em 29 de agosto de 2016 às, 17h55.

Gene Wilder, cujos cabelos cacheados e os sobressaltados olhos azuis deram um ar inquieto e duradouro a papéis em “A Fantástica Fábrica de Chocolate” e “Banzé do Oeste”, morreu nesta segunda-feira aos 83 anos, disse a sua família.

Wilder, cujos melhores trabalhos se deram em colaborações com o diretor e escritor Mel Brooks e com o ator Richard Pryor, morreu na sua casa em Stamford, em Connecticut, de complicações do mal de Alzheimer, declarou um comunicado da família.

Jordan Walker-Pearlman, sobrinho do ator, afirmou que Wilder havia optado por manter o Alzheimer em segredo para que as crianças que o conheciam como Willy Wonka não vinculassem o personagem lúdico com uma doença de adultos.

A histeria dificilmente contida de Wilder o fez uma escolha regular do diretor e escritor Mel Brooks, que o escalou para “Banzé do Oeste”, “O Jovem Frankstein” e “Primavera para Hitler” nas décadas de 1960 e 70.

Além das colaborações clássicas com Brooks, Wilder fez uma parceria memorável com o comediante Richard Pryor nos sucessos “O Expresso de Chicago” e “Loucos de Dar Nó”.

Wilder passou a lutar pela conscientização sobre o câncer de ovário e em prol do tratamento da doença depois que a sua mulher, a comediante Gilda Radner, de “Saturday Night Live”, com quem ele casou em 1984, morreu de câncer em 1989.

Ele ajudou a fundar o Centro de Identificação de Câncer de Ovário Gilda Radner em Los Angeles e foi um dos fundadores do Clube da Gilda, um grupo de apoio que tem seções em todo o país.

Brooks falou sobre a morte de Wilder no Twitter: "Gene Wilder, um dos verdadeiramente grandes talentos do nosso tempo. Ele abençoou todos os filmes que fizemos com sua magia e ele me abençoou com a sua amizade."

Texto atualizado às 17h53

Últimas Notícias

Ver mais
Qual o melhor horário para se exercitar? Estudo responde
Ciência

Qual o melhor horário para se exercitar? Estudo responde

Há um dia

'O Simpatizante' vai fazer com que o público abra os olhos para a história do Vietnã, diz Sandra Oh
Pop

'O Simpatizante' vai fazer com que o público abra os olhos para a história do Vietnã, diz Sandra Oh

Há um dia

Qual lição da vida artística a atriz Flávia Alessandra levou para o mundo dos negócios?
seloCarreira

Qual lição da vida artística a atriz Flávia Alessandra levou para o mundo dos negócios?

Há 3 dias

Estilista italiano Roberto Cavalli morre aos 83 anos
Casual

Estilista italiano Roberto Cavalli morre aos 83 anos

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais