Casual

Fã de Senna, o campeão da Formula E é português com “estilo brasileiro”

António Félix da Costa corre neste final de semana em São Paulo com a Formula E e fala da responsabilidade de ser embaixador de marcas como a TAGHeuer

 (Rodrigo Zorzi/Divulgação)

(Rodrigo Zorzi/Divulgação)

Ivan Padilla
Ivan Padilla

Editor de Casual e Especiais

Publicado em 24 de março de 2023 às 11h00.

A primeira etapa da Fórmula E no Brasil, o ePrix de São Paulo, neste sábado 25, será especial para um dos nomes mais importantes do grid: o português António Félix da Costa, atual titular da equipe TAG Heuer Porsche no campeonato dos carros elétricos.

Assim como no futebol, onde os portugueses e brasileiros já estão em sintonia de torcida há algum tempo, nas pistas Da Costa tem sentido o mesmo. “O carinho da torcida aqui é impressionante. Claro que o apoio é enorme para os brasileiros Lucas di Grassi e Sergio Sette Camara, mas me sinto honrado de ter minha história nas pistas ligada de certa forma ao Brasil”, disse, em entrevista exclusiva para Casual EXAME, em um evento promocional da TAG Heuer em São Paulo.

Este é um dos temas preferidos do português, por sinal. Afinal, ele passou a infância idolatrando Ayrton Senna. “Agora, tenho a responsabilidade e honra de ser embaixador da Tag Heuer, uma marca tão icônica no esporte e que tem no Ayrton uma ligação fortíssima”, explica.

O sonho da Fórmula 1

O piloto sempre afirmou gostar do Brasil e chegou a competir algumas vezes na Stock Car, a principal categoria do esporte a motor nacional, e volta ao país após dois anos.

A corrida marcada para o circuito montado no Sambódromo do Anhembi será a primeira vez que Félix da Costa correrá no Brasil por uma categoria FIA. Isso esteve próximo de ocorrer nos anos 2010, quando o lusitano chegou a ser apontado como o próximo piloto da Toro Rosso (atual AlphaTauri) na Fórmula 1. A vaga jamais se confirmou, mas António soube “recalcular rota” para seguir como um dos mais importantes pilotos do planeta mesmo fora da Fórmula 1.

“Sempre sonhei com a Fórmula 1, mas consegui ter sucesso mesmo sem ter participado da categoria e, sinceramente, hoje sou plenamente realizado”, diz da Costa.

O português esteve no DTM por três temporadas, e se aventurou em campeonatos como o WEC – onde foi campeão mundial da classe LMP2 no ano passado, com direito a vitória nas 24 Horas de Le Mans – e a Stock Car, onde fez sete corridas entre a estreia, na temporada de 2015. Foi no Brasil, aliás, que Félix da Costa teve a chance de conviver com nomes como Rubens Barrichello, com quem dividiu pista também em provas como as 24 Horas de Daytona.

Amigo de Enzo Celulari e Felipe Massa

Apaixonado pelo país, amigo de pilotos como Pietro e Enzo Fittipaldi, Felipe Massa e o supracitado Rubens Barrichello, Félix da Costa nunca escondeu a vontade de correr mais vezes no Brasil. E isso ocorrerá neste final de semana pela categoria da qual se consagrou. Na Fórmula E, o lusitano passou por Aguri, Andretti, Techeetah, onde foi campeão em 2019/2020. Desde o início do ano, o português defende a Porsche.

Pela categoria elétrica, são oito vitórias na carreira, o que inclui a quinta etapa deste ano, realizada na Cidade do Cabo, já pela Porsche. O piloto também se colocou como um dos candidatos ao título logo no início do campeonato: é o quarto colocado na classificação com 46 pontos e tem como companheiro de equipe Pascal Wehrlein, líder da Fórmula E com 80 pontos e que chegou à Fórmula 1, com passagem de 2016 e 2017, defendendo Manor e Sauber.

António Félix da Costa terá a chance de ampliar este número neste final de semana. O ePrix de São Paulo de Fórmula E será disputado neste sábado, a partir das 14h. Os treinos, contudo, serão abertos na sexta-feira.

Para o português mais brasileiro do automobilismo mundial, é uma oportunidade de vitória “em casa”. “Como não corremos em Portugal, sem dúvida essa será a minha etapa de casa, a quem espero realmente vencer e dividir a alegria com a torcida”, disse.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

Acompanhe tudo sobre:TAG HeuerFórmula EAyrton Sennasao-pauloPorscheCarros elétricosCasual

Mais de Casual

EUA é o melhor país para turismo no ranking do Fórum Econômico Mundial; veja a posição do Brasil

Exposição Ars Sonora – Hermeto Pascoal chega ao Sesc Bom Retiro, em São Paulo

Quanto custa comer nos 10 melhores restaurantes do Brasil

Como escolher música (boa) para animar um churrasco 40+

Mais na Exame