Casual

Carga de motores atrasa e equipes da F1 devem virar a noite trabalhando

GP de São Paulo é o segundo de uma trinca de corridas em finais de semana sucessivos com México, Brasil e Catar

Lewis Hamilton no boxe da Mercedes em Interlagos (Ricardo Moraes/Reuters)

Lewis Hamilton no boxe da Mercedes em Interlagos (Ricardo Moraes/Reuters)

G

GabrielJusto

Publicado em 11 de novembro de 2021 às 19h53.

As equipes de Fórmula 1 se preparam para virar a noite de quinta-feira trabalhando para aprontar seus carros para o Grande Prêmio de São Paulo, já que cargas, inclusive motores, atrasaram no traslado da Cidade do México, local da prova da semana passada.

O chefe da equipe Haas, Guenther Steiner, disse a repórteres que o toque de recolher da madrugada foi suspenso e que os tempos de verificação foram ajustados devido aos problemas, que ele disse se deverem ao clima ruim no México.

"Pousou, mas não acho que tudo já esteja na pista", disse ele sobre a carga. "Aparentemente, o avião pousou. É o que me foi dito talvez 45 minutos atrás, então tudo deveria estar na pista nas próximas horas. Acho que os caras terão que passar a noite trabalhando", acrescentou. "Não sei se precisamos, mas com certeza será uma noite longa".

Steiner disse que a corrida em SP, que usa um novo formato de sprint com classificação na sexta-feira para uma corrida de 100 quilômetros no sábado que determina o grid de domingo, ocorrerá tal como planejado, sem ameaça ao cronograma.

O GP de São Paulo é o segundo de uma trinca de corridas em finais de semana sucessivos com México, Brasil e Catar.

Steiner disse que a carga marítima chegou no prazo com equipamentos dos boxes e de acomodação.

"Não sei exatamente quais peças dos carros estão faltando, mas os motores com certeza estão faltando. Acho que as caixas de ferramentas estão faltando, e sem as caixas de ferramentas não dá para trabalhar".

Acompanhe tudo sobre:EsportesFórmula 1LogísticaTransporte e logística

Mais de Casual

The Macallan fará experiência de 660 mil reais em hotel na Escócia

Como a chinesa GWM quer dominar o concorrido mercado de SUVs no Brasil

Chefs e sommeliers premiados farão jantar para ajudar na recuperação do RS

12 hotéis que ainda têm vagas para o feriado de Corpus Christi

Mais na Exame