Ao vivo e a muitas cores: OSGEMEOS expõem segredos na Pinacoteca

Com abertura nesta quinta (15), mostra monumental dos grafiteiros paulistanos (inicialmente prevista para março) marca a reabertura do museu paulista

Para quem não aguenta mais apreciar obras de arte somente por meio das telas do computador ou do smartphone (e está doido por um pretexto para bater perna por aí) a abertura, hoje (15), da monumental mostra da dupla OSGEMEOS é uma excelente notícia. De certa maneira, ela nos transporta para 28 de março, a data na qual a exposição originalmente teria início (se o mundo, claro, não tivesse ficado de ponta cabeça). Pronta desde então, e para ninguém, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, ela começa agora a ter contato com o público para uma temporada que será encerrada no dia 23 de fevereiro.

Gramophone, de 2016: junção de madeira, metal, fibra de vidro, verniz, pintura e componentes vintage

Gramophone, de 2016: junção de madeira, metal, fibra de vidro, verniz, pintura e componentes vintage (Divulgação/Divulgação)

Intitulada OSGEMEOS: Segredos, a mostra propicia uma imersão sem igual no colorido e onírico universo concebido pelos irmãos paulistanos Otávio e Gustavo Pandolfo, que até hoje mantêm ateliê no Cambuci, bairro na região central de São Paulo no qual viveram a infância e a juventude. Ao todo são cerca de 650 trabalhos, muitos deles inéditos e jamais exibidos no Brasil. Não espere avistar apenas grafites, dos quais Otávio e Gustavo viraram sinônimo. Também aguardam os visitantes pinturas em telas e esculturas estáticas e cinéticas com aspectos surrealistas, além de instalações imersivas, intervenções criadas para a Pinacoteca, desenhos e cadernos de anotações. Algumas criações remetem à adolescência da dupla. Tá explicado os “segredos” do nome da exposição.

Obra sem título, de 2011: grafite em três dimensões

Obra sem título, de 2011: grafite em três dimensões (Divulgação/Divulgação)

“Queríamos que parte dessa experiência tivesse um caráter retrospectivo. Fizemos uma pesquisa intensa para buscar todas essas informações, referências e trabalhos, e botar isso tudo junto”, afirmaram Otávio e Gustavo em uma entrevista recente. “A gente mostra um pouco de tudo, desde os primeiros desenhos de criança. As referências de infância, que foram muito importantes para nós e ajudaram a despertar o caráter imaginativo. Ali, você percebe que começa bem cedo”. A mostra se espalha pelas sete salas de exposições temporárias do primeiro andar do museu, por um dos pátios, diversos espaços internos e externos e pelo chamado octógono.

Retrato da dupla de 2017, em Nova York

Retrato da dupla de 2017, em Nova York (Divulgação/Divulgação)

“Se, na época moderna, o fenômeno artístico tem a cidade como seu lugar de existência, pensar a arte é pensar sua inscrição na urbanidade. O urbano, a cidade, as relações que se dão nesse espaço específico, são tanto temas da arte quanto o próprio modo de sua aparição”, escreveu, a respeito da mostra, Jochen Volz, diretor-geral da Pinacoteca e curador da exposição. “Viver em cidades significa partilhar de uma sociabilidade singular, marcada pelo deslocamento, pelo anonimato, pela produção coletiva, geradores de conflitos e desigualdades, mas também dotada de um potencial de liberdade e transformação, caros às práticas da arte moderna e contemporânea”.

A abertura de OSGEMEOS: Segredos marca a retomada da Pinacoteca, autorizada a voltar à ativa nesta semana junto com outras instituições como Masp, MAM e IMS. Para diminuir os riscos de disseminação do novo coronavírus, os visitantes precisam comprar seus ingressos somente pelo site do museu (www.pinacoteca.org.br; 25 reais, a inteira) e chegar à Pinacoteca com antecedência de 15 minutos a 1 hora. A temperatura de todos será medida, será obrigatório o uso de máscaras e respeitar o distanciamento mínimo de 1,5 metro e um sentido único de visitação. O estacionamento estará fechado e é recomendável evitar levar bolsas e mochilas, pois o guarda-volumes estará limitado.

 

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.