Gucci confirma que Alessandro Michele não será mais diretor criativo da marca

Após rumores, a Gucci confirmou em nota a saída de Michele
Alessandro Michele: diretor criativo foi o responsável pelo crescimento da Gucci nos últimos anos. (COSIMO SERENI/Divulgação)
Alessandro Michele: diretor criativo foi o responsável pelo crescimento da Gucci nos últimos anos. (COSIMO SERENI/Divulgação)
J
Julia Storch

Publicado em 23/11/2022 às 15:18.

Última atualização em 23/11/2022 às 17:25.

As cadeiras das marcas de moda de luxo estão sendo trocadas. Nesta semana, Raf Simons anunciou o fim de sua marca homônima, Daniel Lee saiu da Bottega Veneta, a Louis Vuitton ainda está sem um diretor criativo após a morte de Virgil Abloh, e hoje (23) o site Women's Wear Daily (WWD) anunciou a saída de Alessandro Michele como diretor criativo da Gucci. Nesta tarde, a grife italiana confirmou os rumores.

Sem citar fontes, o site disse que na noite de ontem, um relatório revelou a saída de Michele após sete anos na marca. Além disso, empresários apontaram que um novo designer pode ajudar a reviver as vendas da Gucci.

Segundo fontes que conversaram com a WWD, a saída de Michele acontece após pedidos de mudanças no design, que não foram feitas pelo estilista, além do desejo de mudanças para a marca pelo presidente e CEO da Kering, François-Henri Pinault.

Michele assumiu o principal papel criativo na Gucci em 2015, e é um dos responsáveis por reviver e popularizar a marca com peças florais, extravagantes e, em alguns casos, sem gênero.

O trabalho de Michele refletiu nos lucros da marca, que entre 2015 e 2019, quadruplicaram. Porém, durante o ano, o desempenho da marca, que corresponde pela maior parte dos lucros da Kering, decaiu.

“Após 7 anos no comando do motor criativo da Gucci, pode ser hora de uma mudança, e o consenso entre os investidores institucionais parece estar se formando de que uma nova abordagem é necessária para reacender a marca. No geral, a noção de mudança na liderança criativa da Gucci provavelmente será vista positivamente pelo mercado e pelo preço das ações da Kering”, disseram analistas do RBC em nota.

Em nota, a Gucci confirmou a saída de Michele.

"Alessandro Michele está à frente criativa da Maison desde 21 de janeiro de 2015 e tem desempenhado um papel fundamental para tornar a marca o que ela é hoje através de sua criatividade inovadora, mantendo-se fiel aos renomados códigos da Maison. Marco Bizzarri, presidente e CEO da Gucci disse: "Tive a sorte de ter tido a oportunidade de conhecer Alessandro no final de 2014, desde então tivemos o prazer de trabalhar juntos, pois a Gucci traçou seu caminho de sucesso nestes últimos oito anos. Gostaria de agradecê-lo por seus 20 anos de compromisso com a Gucci e por sua visão, devoção e amor incondicional por esta casa única durante seu mandato como Diretor Criativo."

François-Henri Pinault, presidente e CEO da Kering, disse: “O caminho que Gucci e Alessandro percorreram juntos ao longo do últimos anos é único e permanecerá como um momento marcante na história da Casa. Sou grato a Alessandro por trazer tanto de si nesta aventura. Sua paixão, sua imaginação, sua engenhosidade e sua cultura colocam a Gucci no centro do palco, onde está o seu lugar. Desejo a ele um ótimo próximo capítulo em sua jornada criativa.”

Alessandro Michele disse: “Há momentos em que os caminhos se separam por causa das diferentes perspectivas de cada um de nós pode ter. Hoje termina para mim uma jornada extraordinária, com mais de vinte anos, dentro de uma empresa à qual dediquei incansavelmente todo o meu amor e paixão criativa. Durante esse longo período, a Gucci foi minha casa, minha família. A esta família alargada, a todos os indivíduos que a apoiaram e cuidaram, envio os meus mais sinceros obrigado, meu maior e mais sincero abraço. Junto com eles eu desejei, sonhei, imaginei. Sem eles, nada do que construí teria sido possível. A eles vai o meu mais sincero desejo: que você continue cultivando seus sonhos, a matéria sutil e intangível que faz a vida valer a pena. Que vocês continuem a se alimentar de imagens poéticas e inclusivas, permanecendo fiéis aos seus valores. Que você sempre viva por suas paixões, impulsionado pelo vento da liberdade.”

O escritório de design da Gucci continuará a levar a direção da Maison até que uma nova organização criativa seja anunciada."

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.