• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Grupo LVMH vai fabricar álcool gel para doar a hospitais

O famoso monograma da Louis Vuitton estará agora nos potes do antisséptico, que serão distribuídos gratuitamente na França
Louis Vuitton: empresa usará sua instalação de perfumes para produzir álcool em gel (Reuters/File Photo)
Louis Vuitton: empresa usará sua instalação de perfumes para produzir álcool em gel (Reuters/File Photo)
Por Ivan PadillaPublicado em 16/03/2020 08:25 | Última atualização em 16/03/2020 11:18Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O célebre monograma está impresso em bolsas, carteiras, peças de roupa e diversos outros produtos de luxo, um atestado de qualidade e de posição social. Agora, a marca da Louis Vuitton estará em potes de álcool gel, um produto cada vez mais indispensável hoje, como ferramenta de higienização para evitar o contágio por coronavírus. A decisão foi anunciada em um comunicado distribuído no domingo à noite.

“Dado o risco de falta de álcool gel na França, Bernard Arnault instruiu a divisão de perfumes e cosméticos da LVMH para preparar as fábricas para produzir quantidades substanciais de álcool gel para serem entregues às autoridades públicas”, diz o texto, referindo-se ao acionista majoritário do conglomerado francês.

“A Louis Vuitton usará toda sua instalação produtiva de perfumes e cosméticos (Parfums Christian Dior, Guerlain e Parfums Givenchy) na França para produzir grandes quantidades de álcool gel a partir de segunda-feira.”

O aviso diz que o gel será entregue sem custo às autoridades de saúde da França como prioridade. Com essa iniciativa, o grupo LVMH quer ajudar a minimizar o risco de falta de produto na França e ajudar o maior número de pessoas a continuar adotando as ações corretas para se proteger contra a propagação do vírus. O grupo irá manter o compromisso pelo tempo que for necessário, junto às autoridades de saúde da França.

 

A Tiffany, marca de joias e cosméticos comprada no fim do ano passado pelo grupo, na maior negociação do segmento até hoje, não é citada. A marca americana custou 16,2 bilhões de dólares ao conglomerado.

O conglomerado está em ótimo momento. No ano passado, registrou um faturamento de 53,7 bilhões de euros, um aumento de 15% em relação ao período anterior. A divisão de perfumes rendeu ao grupo 6,8 bilhões de euros, 12% a mais do que em 2018.

A França havia registrado até agora pela manhã 5,437 casos, com 127 mortes. Por lá, eventos culturais e esportivos estão suspensos. Restaurantes e bares baixaram suas portas e as aulas foram suspensas. Acompanhe os números da pandemia em nosso mapa com atualização diária.