4 restaurantes brasileiros estão na lista do World's 50 Best Restaurants 51º a 100º de 2022

A classificação estendida é criada a partir do mesmo processo de votação do The World's 50 Best Restaurants
A chef Helena Rizzo do restaurante Maní. (Roberto Seba/Divulgação)
A chef Helena Rizzo do restaurante Maní. (Roberto Seba/Divulgação)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 05/07/2022 às 09:09.

The World's 50 Best Restaurants 2022, patrocinado pela S Pellegrino & Acqua Panna, revelou hoje a lista de restaurantes classificados de 51º a 100º, antecedendo a cerimônia de premiação anual, que será realizada na segunda-feira, 18 de julho em Londres.

A lista anual é criada por um painel de votação equilibrado em termos de gênero, formado por mais de 1.080 autoridades independentes no mundo da gastronomia, de renomados chefs internacionais e jornalistas da área de alimentação até gastrônomos viajantes.

A classificação estendida é criada a partir do mesmo processo de votação do The World's 50 Best Restaurants e destaca estabelecimentos de hospitalidade em todo o mundo.

  • A lista 51-100 inclui 20 novas inscrições de 15 cidades diferentes, da Cidade do México a Melbourne
  • A lista 51-100 inclui restaurantes de 22 territórios em seis continentes
  • Fazem parte desta lista 14 estabelecimentos da Ásia, 13 da Europa, 11 da América do Norte, dois do Oriente Médio, dois da África, um da Oceania e sete da América do Sul
  • Foram adicionados restaurantes de cinco novos destinos, incluindo Argentina, China (Continental), Alemanha, Singapura e Emirados Árabes Unidos, em comparação com a lista 51-100 do ano passado
  • A nova entrada com a melhor classificação na lista 51-100 é o Trèsind Studio, de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, classificado número 57

No ranking estendido deste ano, a Ásia tem 14 inscrições de sete cidades, incluindo dois restaurantes de Tóquio, sendo o Sazenka (número 59) e o Sézanne, uma nova entrada (número 82).

Há duas novas entradas dos Emirados Árabes Unidos: Trèsind Studio (número 57) e Orfali Bros Bistro (número 87), ambos em Dubai Entre outras novas entradas estão dois da Cidade do México representados por Rosetta (número 60) e Máximo Bistrot (número 89), bem como três restaurantes da França: Table by Bruno Verjus (número 77), em Paris, AM par Alexandre Mazzia (número 80), em Marselha, recentemente nomeado o vencedor do American Express One To Watch, e Flocons de Sel (número 99), em Megève.

A lista de classificados entre 51º e 100º. (The World's 50 Best Restaurants/Divulgação)

Os restaurantes brasileiros que aparecem na lista são D.O.M, do chef Alex Atala (número 53), Evvai, comandado por Luiz Filipe Souza (número 67), Lasai, do chef Rafael Costa e Silva (número 78) e o Maní, comandado pela chef Helena Rizzo (número 96).

William Drew, Director of Content for The World's 50 Best Restaurants, disse: "Estamos entusiasmados em ver 20 novas entradas se juntarem à lista estendida. É maravilhoso celebrar uma ampla gama de restaurantes e as equipes por trás deles, à medida que o cenário gastronômico continua a se recuperar e reconstruir após os enormes desafios enfrentados durante a pandemia."

O The World 's 50 Best Restaurants 2022 será transmitido ao vivo na página do 50 Best no Facebook e no canal do YouTube a partir das 20h30 (horário do Reino Unido) em 18 de julho.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.