Estas 11 tecnologias vão criar mais de 790 mil empregos em cinco anos

Até 2025, estudo aponta que o Brasil deve ter uma demanda por 797 mil profissionais de tecnologia
 (Jay Yuno/Getty Images)
(Jay Yuno/Getty Images)
L
Luísa Granato

Publicado em 01/12/2021 às 16:50.

Última atualização em 03/12/2021 às 11:19.

Até setembro de 2021, a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) registrou 123.544 novos empregos no setor de Tecnologia da Informação. A projeção anterior da demanda para o ano era de 56.693 cargos. 

Quer atingir a profissão mais valorizada na pandemia? Vire um "dev" com o curso de Data Science e Python da EXAME. 

O número muda a projeção inicial da organização para o setor até 2024, que era de 420 mil profissionais. No novo relatório, há um aumento expressivo na demanda por profissionais: serão 797 mil empregos gerados até 2025. 

De acordo com Sergio Paulo Gallindo, presidente da Brasscom, o aumento de demanda foi exponencial e impulsionado pela adoção de tecnologia pelas empresas durante a pandemia. 

Na pesquisa anterior, a Brasscom considerava que o déficit de profissionais poderia chegar a 260 mil até 2024. Considerando apenas a oferta de alunos formados pelo ensino superior em tecnologia, o déficit de profissionais chegaria a 530 mil até 2025. 

No entanto, a associação anunciou uma nova estratégia para acabar com a falta de profissionais no setor, a ΣTCEM. Do alfabeto grego, sigma significa “soma” e TCEM é a tradução da sigla STEM, que é a união dos cursos de ciência, tecnologia, engenharia e matemática.  

A ideia é introduzir matéria eletivas nos cursos de ensino superior que já possuam alguma afinidade com as carreiras de tecnologia. Foi feito um estudo para identificar o nível de afinidade e os conhecimentos em faltam na formação dos profissionais nessas áreas.  

Com essa adição de mais formações, a oferta de profissionais pode superar a demanda média de 159 mil empregos por ano. A oferta potencial seria de 273 mil profissionais. 

Outra projeção de destaque é a de investimentos do setor nos próximos quatro anos: serão R$413,5 bilhões em tecnologias de transformação digital. As tecnologias nas áreas de Nuvem e Big Data & Analytics terão os maiores investimentos, com R$ 181,9 bilhões e R$ 77 bilhões, respectivamente. 

Junto ao crescimento de investimento, a Brasscom fez a previsão de onde estarão os empregos de tecnologia. Considerando o total de 797 mil empregos, a demanda por profissionais foi distribuída por tecnologias maduras, emergente e de nicho. 

Confira as tecnologias que mais vão gerar empregos até 2025:

 

  1. Big Data & Analytics – 26,1% 
  2. Nuvem – 16,8% 
  3. Web mobile e outras – 16,4% 
  4. Inteligência artificial – 13,8% 
  5. Internet das Coisas – 12,8% 
  6. Blockchain – 6,3% 
  7. Segurança da informação - 5,2% 
  8. Redes sociais – 1% 
  9. Realidade virtual – 0,8% 
  10. Robótica – 0,5% 
  11. Impressão 3D – 0,3% 

Quer atingir a profissão mais valorizada na pandemia? Vire um "dev" com o curso de Data Science e Python da EXAME. 

Dicas de carreira, vagas e muito mais

Você já conhece a newsletter da Exame Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.