Professor de português dá dica para acertar a grafia das palavras

Você sabe por que "obcecado" e "obsessão" são escritos de forma diferente? Confira a resposta na coluna de português

Por Diogo Arrais, professor de português (@diogoarrais)

É rotineira a dúvida sobre como melhorar no estudo da Língua. Como em qualquer atividade, a excelência é proveniente da dedicação: ser intenso na prática, faça sol, faça chuva.

Como digo aos meus alunos: dedicação e comprometimento são escolhas dos que têm bons resultados. Ler bem, escrever bem demandam estudo.

Quem investe no conhecimento etimológico aprende a observar mais a relação com a origem, formação e evolução das palavras e da construção de seus significados a partir dos elementos que as compõem.

Há sobrenome mais comum, no Brasil, do que Silva? Proveniente do latim, silva remete a selva, floresta.

De "silva" forma-se "silvestre": do latim, declinação de silvester, próprio da floresta, da mata. Conforme registra a pesquisa do grande mestre Deonísio da Silva, é também nome popular porque o calendário cristão homenageia São Silvestre no último dia do ano.

Ciente dessa relação linguística, vê-se - por exemplo - um termo como "silvícola", que é próprio daquele que habita entre silvas ou florestas. Nos dicionários de nossa Língua Portuguesa, conseguimos encontrar a variante "selvícola".

CEGO e OBCECADO

Do latim "caecus", privado de visão, surge o sujeito que se obcecou, com a consciência obscurecida, cego de entendimento. Justamente pela relação etimológica (com a origem do termo), vê-se a grafia assim.

Termo à primeira vista próximo, "obsessão" é ligado a "ação de sitiar", ou seja, o latim "obsessionis".
Em resumo: obcecado, obcaecationis; obsessão, obsessionis.

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

DIOGO ARRAIS
http://www.ARRAISCURSOS.com.br
YouTube: MesmaLíngua
Professor de Língua Portuguesa
Fundador do ARRAIS CURSOS

A digitalização do mercado de trabalho vai roubar seu emprego? Saiba como se adaptar. Assine a EXAME.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também