Não vai pular Carnaval? Estes serão ótimos dias para procurar emprego

Ao contrário da crença popular, o ano no mundo das oportunidades de emprego não começa só depois do Carnaval. Candidatar-se agora pode ser uma boa

São Paulo — Se você não vai aproveitar o Carnaval para ir em bloquinhos, viajar, e nem para maratonar séries da Netflix, existe uma outra opção: enviar currículos.

É claro que um tipo de "curtição" não exclui o outro, mas não, você não leu errado: candidatar-se a uma vaga em plena festança pode dar certo.

"Uma boa razão é que observamos que muitos recrutadores ficam de olho em quem se candidata primeiro a uma posição. Desta forma, ele garante que seu currículo será um dos primeiros a ser visto", explica Tábitha Laurino, gerente sênior da Catho.

Outro ponto que pode ser vantajoso para o candidato, e o mais importante para a gerente, é que a maior concentração de vagas abertas está nos primeiros três meses do ano.

E, ao contrário da crença popular, o ano no mundo das oportunidades de emprego não começa só depois do Carnaval.

"Fevereiro, apesar de curto, não é um "mês morto", como muitos acham. Não existe justificativa para anular fevereiro na busca por emprego, principalmente se esse profissional quer se recolocar no mercado", diz.

"O início do ano, especificamente o primeiro trimestre, acaba sendo a materialização dos planos que foram desenhados e efetuados no ano novo. As empresas também abrem mais vagas nesse período", garante.

Para Tábitha, o mercado de trabalho enxerga com bons olhos quem toma a iniciativa de se candidatar em pleno Carnaval. "Isso passa a mensagem de que o profissional é engajado e comprometido, mas não garante uma vantagem competitiva, uma vez que os itens mais importantes são: as experiências, como o profissional consegue contar sua história, como ele escreve o currículo e, claro, suas habilidades. No fim, isso ainda conta mais do que qualquer coisa", afirma.

Algumas áreas também são beneficiadas durante o feriado prolongado. São elas: sommelier (especialista em bebidas); analista de redes sociais (50 vagas abertas); produtor de eventos (80 vagas); relações públicas  (26 vagas) e supervisor de hotelaria (180 vagas).

No Brasil todo, a Catho está com mais de 220 mil vagas abertas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.