Carreira

Como calcular o salário líquido? Como saber o desconto? Veja aqui

Calcular o salário líquido é essencial para um bom planejamento financeiro

O salário bruto é o valor total acordado em contrato antes das deduções (Rmcarvalho/Getty Images)

O salário bruto é o valor total acordado em contrato antes das deduções (Rmcarvalho/Getty Images)

Publicado em 11 de junho de 2024 às 17h20.

Última atualização em 11 de junho de 2024 às 17h55.

Tudo sobreGuia de Carreira
Saiba mais

Calcular o salário líquido é essencial para entender quanto você realmente receberá após as deduções obrigatórias. Saber como fazer esse cálculo ajuda a planejar suas finanças pessoais com mais precisão. Neste artigo, veja o passo a passo como calcular o salário líquido.

O que é salário líquido?

O salário líquido é o valor que o trabalhador recebe após a dedução de impostos e contribuições obrigatórias, como INSS e IRRF. Diferente do salário bruto, que é o valor total acordado em contrato, o salário líquido reflete o valor disponível para o empregado gastar.

Diferença entre salário líquido e bruto

O salário bruto é o valor total acordado entre o empregador e o empregado antes de qualquer dedução. Inclui o salário base, horas extras, comissões e outros adicionais. Já o salário líquido é o valor que o empregado efetivamente recebe após todas as deduções obrigatórias, como INSS, IRRF e outras contribuições. Em resumo, o salário bruto é o valor "de contrato", enquanto o salário líquido é o valor "real" recebido pelo trabalhador.

Passos para calcular o salário líquido

1. Determine o salário bruto

O salário bruto é o valor total acordado em contrato antes das deduções. Inclui salário base, horas extras, comissões e outros adicionais.

Exemplo: Se o salário bruto é R$ 5.000,00, esse será o ponto de partida para o cálculo.

Tabela de Contribuição INSS (2024)

Com o salário mínimo estabelecido em R$ 1.412,00 para 2024, a Tabela de Contribuição do INSS é ajustada para refletir as faixas salariais e suas respectivas alíquotas de contribuição. As alíquotas são aplicadas de forma progressiva da seguinte maneira:

  • Até R$ 1.412,00: 7,5%
  • De R$ 1.412,01 a R$ 2.666,68: 9%
  • De R$ 2.666,69 a R$ 4.000,03: 12%
  • De R$ 4.000,04 a R$ 7.786,02: 14%

Essas alíquotas são aplicadas de forma progressiva sobre o salário bruto dos trabalhadores e são descontadas diretamente na folha de pagamento, garantindo a arrecadação necessária para a Previdência Social.

Exemplo de Cálculo

Para ilustrar, se um trabalhador tem um salário bruto de R$ 5.000,00, o cálculo seria feito da seguinte forma:

  1. Primeira faixa (até R$ 1.412,00):
    • Alíquota: 7,5%
    • Contribuição: R$ 1.412,00 * 7,5% = R$ 105,90
  2. Segunda faixa (de R$ 1.412,01 a R$ 2.666,68):
    • Alíquota: 9%
    • Contribuição: (R$ 2.666,68 - R$ 1.412,00) * 9% = R$ 112,93
  3. Terceira faixa (de R$ 2.666,69 a R$ 4.000,03):
    • Alíquota: 12%
    • Contribuição: (R$ 4.000,03 - R$ 2.666,68) * 12% = R$ 159,99
  4. Quarta faixa (de R$ 4.000,04 a R$ 5.000,00):
    • Alíquota: 14%
    • Contribuição: (R$ 5.000,00 - R$ 4.000,03) * 14% = R$ 139,99

Total de Contribuição: R$ 105,90 + R$ 112,93 + R$ 159,99 + R$ 139,99 = R$ 518,81

3. Calcule o imposto de renda retido na fonte (IRRF)

Cálculo do IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte) para 2024

As faixas do IRRF para 2024 são as seguintes:

  • Até R$ 2.259,20: Isento
  • De R$ 2.259,21 até R$ 2.826,65: 7,5% com parcela a deduzir de R$ 169,44
  • De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05: 15% com parcela a deduzir de R$ 381,44
  • De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68: 22,5% com parcela a deduzir de R$ 662,77
  • Acima de R$ 4.664,68: 27,5% com parcela a deduzir de R$ 896,00

Para um salário bruto de R$ 5.000,00, após a contribuição do INSS (R$ 518,80), o salário base para o IRRF seria R$ 4.481,20. O cálculo seria:

  1. Faixa de isenção (até R$ 2.259,20): R$ 0,00
  2. Segunda faixa (de R$ 2.259,21 até R$ 2.826,65): R$ (2.826,65 - 2.259,20) * 7,5% - R$ 169,44 = R$ 42,54
  3. Terceira faixa (de R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05): R$ (3.751,05 - 2.826,65) * 15% - R$ 381,44 = R$ 138,66
  4. Quarta faixa (de R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68): R$ (4.664,68 - 3.751,05) * 22,5% - R$ 662,77 = R$ 204,77
  5. Quinta faixa (acima de R$ 4.664,68): R$ (4.481,20 - 4.664,68) * 27,5% - R$ 896,00 = R$ 104,23

Total de IRRF: R$ 42,54 + R$ 138,66 + R$ 204,77 + R$ 104,23 = R$ 490,20

Cálculo do Salário Líquido

  • Salário Bruto: R$ 5.000,00
  • Contribuição INSS: R$ 518,80
  • IRRF: R$ 490,20
  • Salário Líquido: R$ 5.000,00 - R$ 518,80 - R$ 490,20 = R$ 3.991,00

Para mais detalhes, consulte fontes oficiais e a tabela atualizada do INSS.

Por que saber sobre o salário líquido é importante

Calcular o salário líquido é essencial para um bom planejamento financeiro. Conhecendo as deduções do INSS e do IRRF, você pode determinar com precisão o valor que receberá mensalmente. Para mais informações sobre finanças pessoais e planejamento financeiro, visite a seção de finanças da Revista Exame.

Acompanhe tudo sobre:carreira-e-salariosSaláriosGuia de Carreira

Mais de Carreira

Verisure abre mais de 200 vagas pelo Brasil; veja como se candidatar

Vagas no mercado financeiro: veja oportunidades em diferentes áreas

O que faz um cientista de dados?

Microsoft: menos funcionários estão satisfeitos com a empresa, diz pesquisa

Mais na Exame