Carreira

Fiocruz oferece salário de até R$ 12,5 mil

Há 850 oportunidades em 10 cidades brasileiras

Castelo da Fiocruz, no Rio de Janeiro: há oportunidades em outras nove cidades (.)

Castelo da Fiocruz, no Rio de Janeiro: há oportunidades em outras nove cidades (.)

Talita Abrantes

Talita Abrantes

Publicado em 16 de agosto de 2010 às 17h19.

São Paulo - A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) abre concurso público para 850 oportunidades de trabalho. Salário pode chegar a 12.532,22 reais.

Há oportunidades para profissionais de nível técnico, médio e superior no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Manaus, Salvador, Fortaleza, Curitiba, Brasília, Recife, Porto Velho e Campo Grande. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Das oportunidades de nível superior, ao todo são 266 vagas para o cargo de tecnologista de saúde pública. Para se candidatar, os interessados devem ter formação em arquitetura, arquivologia, farmácia, biologia, química ou comunicação social.

Para o cargo de gestão de saúde, são  257 oportunidades em aberto. Nesse caso, podem se inscrever formados em comércio exterior, relações internacionais, tecnologia da informação, direito, pedagogia, ciências humanas ou engenharia civil.

Além disso, há 19 oportunidades para especialistas em ciência, tecnologia, produção e inovação e 96 vagas para pesquisadores em saúde pública. Respectivamente, os cargos exigem profissionais com doutorado e mestrado.

O processo de seleção conta com prova objetivade quatro horas, análise de títulos, prova de aula, prova discursiva e defesa pública de memorial.

As inscrições devem ser feitas até 17 de setembro no site da Fiocruz. A taxa de inscrição varia de 65 a 150 reais.

Leia outras notícias sobre concursos

Siga o canal de Carreira no Twitter

 

Acompanhe tudo sobre:carreira-e-salariosConcursosConcursos públicosvagas-de-emprego

Mais de Carreira

Veja 6 estratégias essenciais para empreender no Brasil, segundo o treinador Bernardinho

Da roça para Paris: a história inspiradora do atleta “Maranhão” que irá disputar as Olimpíadas

De estilista a presidente: os 4 passos para alcançar o sucesso, segundo a CEO do Grupo Malwee

Arteris investe em educação corporativa para lidar com desafios de diversidade geracional

Mais na Exame