Banco BV tem vagas para mães que estão fora do mercado de trabalho

Outro anúncio que o banco fez nesta semana é a ampliação do período de licença para funcionários que tiverem filhos

No caminho da igualdade de gênero no mercado de trabalho, o Banco BV percebeu que era preciso ajudar a reintegrar no mercado um grupo de mulheres que costuma passar despercebido: o de mães que não conseguem voltar ao mercado.

São 10 vagas para esse tipo de profissional e as participantes selecionadas terão desenvolvimento e mentoria de carreira. 

De acordo com Ana Paula Tarcia, diretora de Pessoas e Cultura do banco BV, o banco já tem 43% de mulheres, mas o objetivo é alcançar 50%. 

A decisão de reservar vagas para mães que têm dificuldade de voltar ao mercado tem relação com o desejo de aumentar a representatividade, mas com olhar de impacto social também.

“Nós temos dados que mostram que 76% de mulheres querem ser mães e nós sabemos que as que já são sentiram a carreira desacelerar depois da maternidade. Quando você tem um ambiente mais humanizado, ele tá mais preparado para acolher esse projeto", diz Ana Paula. 

A executiva também afirma que o banco está trabalhando em aspectos culturais par fazer a recepção dessas profissionais, que passam de novo por um curva de aprendizado. 

É um momento em que as profissionais mais vão perguntar do que contribuir. Por isso, devem sentir a segurança. 

As candidatas que não forem aprovadas no processo seletivo irão participar de um workshop sobre recolocação abrangendo ferramentas de autoconhecimento, desenvolvimento de currículo e construção de marca.

Outro anúncio que o banco fez nesta semana é a ampliação do período de licença para funcionários que tiverem filhos. Para mães e casais homoafetivos, a licença pode ser de até 180 dias. 

Para os pais, o período passa a ser de 90, podendo ser utilizado em um prazo de até um ano a partir do nascimento da criança. 

Antes, o banco já oferecia a licença paternidade de 30 dias, que agora pode ser estendida por mais 60 dias. A licença maternidade já conta com 60 dias opcionais de afastamento.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também