Geekonomy Drops: Brasil no top 12 países que mais faturam com games

Coluna semanal de notas sobre o universo geek e pop da Bússola comenta os movimentos mais relevantes do mercado

Por Cauê Madeira*

O Brasil é o 12º país que mais fatura com o mercado de games no mundo, e o principal da América Latina. A estimativa para 2021 é que o mercado chegue a US$ 2,3 bilhões. Os dados são da Newzoo e foram divulgados durante o BIG Festival esta semana. O evento é considerado a mais importante conferência de jogos independentes da América Latina.

Tradicional clube de e-sports lança estúdio de games

INTZ, clube de e-sports com atuação em diversos jogos competitivos, anunciou seu novo estúdio de games, o Apollo Games Lab. O estúdio  é fruto de uma parceria estratégica com o produtor de jogos Guilherme Romano, que lidera uma equipe com mais de 10 profissionais do mercado.

O primeiro jogo a ser lançado pelo estúdio será Apollo in Outerspace, um jogo autoral de aventura que conta a história de Apollo e sua tripulação lutando pela sobrevivência no espaço sideral, após a queda de sua nave em meio a uma missão.

Aprenda a programar pelo videogame

Nintendo anunciou um aplicativo educacional para criação de jogos, o Game Builder Garage para o Switch, com lançamento previsto para 11 de junho. O foco são todos aqueles que sempre quiseram criar seus próprios jogos, e pode ser a porta de entrada para futuros programadores e game designers.

League of Legends – 2020 Worlds - Finals League of Legends – 2020 Worlds - Finals

League of Legends – 2020 Worlds - Finals (Getty Images/Getty Images)

League of Legends chega à Netflix

Desde 2019 a Riot Games promete a expansão de seu universo ficcional de games como League of Legends e Wild Rift, que já têm uma presença em quadrinhos e até mesmo no cenário musical, para o audiovisual. Há quase dois anos esperada, e com seu lançamento atrasado por conta da pandemia, a série animada Arcane chegará à Netflix ainda esse ano.

PlayStation investe no Discord

Nesta segunda-feira (3), a Sony anunciou uma participação minoritária no Discord, popular plataforma de comunicação de gamers, como parte de uma rodada de investimentos. Com isso, espera-se uma integração do aplicativo à PlayStation Network. Boato do mês passado dizia que o Discord seria adquirido pela Microsoft.

A E3 vem aí!

Após um hiato em 2020, por conta da pandemia, o principal evento global da indústria de games retornará em junho com uma versão totalmente digital. Com a presença confirmada de Nintendo, Xbox, Square Enix, Capcom, Bandai Namco, Ubisoft, SEGA, Warner Bros Games, o evento chegou a perder força nos anos anteriores, quando os estúdios começaram a optar por anunciar seus lançamentos em eventos próprios. Mas o cancelamento da edição anterior gerou um grande buzz, e as comunidades gamers se engajaram para cobrar a presença de suas empresas favoritas no encontro. Este ano promete.

*Cauê Madeira é sócio-diretor de Growth na Loures Consultoria

Siga Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter  |   Facebook   |  Youtube

Veja também

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também