• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Conheça as principais tendências de negócios para 2022

Transformação digital mudou a relação entre marca e cliente, muitas soluções têm ganhado espaço para suprir as novas necessidades da sociedade
Empresas, amparadas por muita tecnologia, estarão cada vez mais focadas na comodidade do cliente (Thinkstock//anyaberkut)
Empresas, amparadas por muita tecnologia, estarão cada vez mais focadas na comodidade do cliente (Thinkstock//anyaberkut)
Por BússolaPublicado em 27/12/2021 13:35 | Última atualização em 27/12/2021 13:46Tempo de Leitura: 12 min de leitura

O ano está acabando e foi marcado pela consolidação das mudanças que começaram a acontecer em 2020: muitos ainda continuam trabalhando em casa, buscando mais conforto ao adquirir serviços e experiências marcantes. A transformação digital mudou a relação entre marca e cliente, muitas soluções têm ganhado espaço para suprir as novas necessidades de uma sociedade contemporânea em busca de qualidade de vida.

Além de um evidente avanço tecnológico em diversos setores, o mercado tem se reinventado para se adaptar a uma nova realidade: mais dinâmica, focada na comodidade do cliente, rapidez dos serviços e preocupada com a sustentabilidade e segurança de dados.

Veja quais são as apostas de negócios mais promissoras para 2022:

Clubes de assinatura

Segundo um levantamento da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, somente em 2020, o mercado de assinatura movimentou mais de 1 bilhão de reais, sendo que, no primeiro trimestre de 2021, o número de novos assinantes cresceu 32% em relação ao mesmo período do ano anterior. A Tuim, empresa pioneira de móveis por assinatura do Brasil, foi fundada em 2019 e se consolidou como a “Netflix dos móveis”. Para Pamela Paz, CEO da startup, a tendência é que a adesão cresça ainda mais no próximo ano. “Essa é uma nova forma de consumir itens que muitas vezes se tornam obsoletos com o passar do tempo. Vivemos na era do 'as a service' e, com a assinatura de móveis, as pessoas podem ter mais liberdade para escolher como mobiliar a casa de acordo com cada fase da vida de forma flexível e sustentável”, declara.

O modelo de assinatura também chegou na área da saúde. A Far.me, healthtech de entrega de medicamentos, apostou na assinatura de pacientes crônicos, que recebem seus medicamentos mensalmente de acordo com sua necessidade. Criado em 2018, o serviço foi impulsionado pela pandemia e cresceu 233% em 2021, indicando que o modelo de negócios é promissor e tende a crescer muito no próximo ano.

Segurança de dados não é mais opcional

De acordo com uma pesquisa realizada pela PwC Digital Trust Insights 2022 com 3.600 executivos de negócios, tecnologia e segurança, aproximadamente 83% das organizações empresariais no Brasil devem aumentar o investimento em segurança cibernética no próximo ano. De acordo com Andrew Martinez, CEO da HackerSec, maior empresa de inovação em cibersegurança do país, 2022 vai ser o ano do reforço de segurança para a proteção de dados. “A segurança de dados é tão necessária que se tornou lei. A LGPD foi criada para proteger tanto o cliente quanto o prestador de serviço. O reforço na segurança de dados vai evitar danos irreparáveis”, complementa o executivo.

Neste cenário, a tecnologia em nuvem também passará a ganhar cada vez mais espaço. Uma das empresas que atuam nesse segmento é a SGA TI em Nuvem, especializada em nuvem, que cria soluções para desafios reais que afetam empresas de diversos segmentos e portes por meio de novas tecnologias que envolvem datacenter, aplicações em nuvem, ciência de dados e inteligência artificial, transformando todas as áreas dos negócios.

Setor de vendas se preocupará mais ainda com a comodidade do cliente

O e-commerce ganhou força nos últimos anos e as redes sociais passaram a ser um canal de vendas importante. Acreditando no potencial que essas mídias possuem, a Showkase oferece uma plataforma que ajuda pequenos negócios a vender online de forma descomplicada e integrada a todas as redes sociais e canais digitais, facilitando a rotina de vendedores e possibilitando que atendam da melhor maneira possível.

Outra tendência para 2022 é o crescimento acelerado das vendas outbound, aquelas que priorizam um atendimento consultivo, em que os profissionais têm a missão de entender as dores dos clientes e as necessidades que possuem, para assim, realizarem conexões assertivas. Acreditando que, cada vez mais, companhias vão precisar de vendedores focados neste tipo de venda, a Outbound Sales, transforma candidatos em profissionais de vendas outbound e indica os melhores alunos treinados para empresas.

Por causa da pandemia, muitas empresas se viram obrigadas a migrar suas lojas para o mundo online, e a necessidade de inovar com produtos e impactar positivamente a experiência do usuário foi inevitável. E o ARCommerce é a prova disso. Por meio do celular, é possível vislumbrar em tamanho real o produto que gostaria de adquirir e até mesmo verificar se aquele sofá irá caber ou combinar com sua sala. A More Than Real é uma startup que está por trás do desenvolvimento desse tipo de tecnologia. Ela é referência global no desenvolvimento de soluções de realidade aumentada e visão computacional.

Hoje já podemos observar uma disputa dos grandes players em relação ao tempo de entrega das encomendas e do valor, afinal, é um dos processos mais importantes da jornada de compra. O Melhor Envio, plataforma de cotação e geração de fretes que oferece condições mais competitivas para lojas virtuais e 80% de desconto nos fretes para todo o Brasil.

Mercado de fintechs cada vez mais aquecido

É plausível afirmar que esse é um mercado muito atrativo para investimentos e que está em ampla expansão. O VExpenses, plataforma que automatiza a gestão de despesas de equipes e funcionários, lançou o Cartão Corporativo VExpenses, a fim de reforçar o time das fintechs que lutam pela democratização financeira no país, garantindo maior acesso a produtos e serviços financeiros de qualidade para empresas de todos os tamanhos e segmentos.

As fintechs também já chegaram no campo. Por conta da necessidade de um produto exclusivo e que entenda de fato a dor do agroprodutor, uma startup que está se destacando no mercado é a Bipp, agrofintech que facilita as negociações em toda a cadeia, integrando transações de compra e venda entre produtores, fornecedores e agroindústrias. No final de 2021, a Bipp  lançou o aplicativo para acompanhar e agilizar o processo de abertura de conta, chegando em até cinco minutos.

ESG (ambiental, social e governança, em português) em alta

A preocupação com a agenda ESG tende a ser mais intensa no próximo ano. “A preservação do meio ambiente, por exemplo, é um papel da sociedade como um todo. Empresas também são agentes importantes para o desenvolvimento mundial e já entenderam que, caso não haja a preocupação com questões ambientais, sociais e de governança, vão ficar para trás”, é o que aponta Eduardo Tardelli, CEO da upLexis empresa especializada em mineração de dados.

O mercado financeiro também já começou a prestar mais atenção aos fundos ESG, e, ainda que a existência cada vez maior e mais intensa desses critérios seja uma demanda das novas gerações, os investidores mais sêniores também estão começando a buscar por gestoras com produtos mais sustentáveis, como a Pandhora Investimentos, gestora de fundos de investimentos quantitativos.

Robôs colaborativos e humanos trabalhando juntos

Com os famosos cobots em funcionamento, eles podem facilmente assumir tarefas repetitivas, sujas ou perigosas. Assim, a mão de obra humana pode ocupar funções que são realmente importantes e estratégicas. A Universal Robots, empresa pertencente à Teradyne, tem como objetivo tornar a tecnologia robótica acessível por meio do desenvolvimento e distribuição desses braços robóticos.

Um exemplo de como a tecnologia pode ajudar no e-commerce é a Virtus Automation & AI, uma das startups finalistas do ciclo 2021.2 do InovAtiva Brasil. Ela trabalha com robôs (RPA) como um serviço (RAAS) e inteligência artificial (IA) em sua base. Um de seus produtos faz a busca ativa pelos interesses dos consumidores online e define automaticamente a melhor estratégia de marketing para alcançá-los.

Consolidação do EaD

O ensino à distância virou protagonista dos processos de estudo nos últimos tempos, sendo o principal meio para acompanhar aulas e consumir conteúdos educacionais. Nesse cenário, as organizações e instituições de ensino precisaram se adaptar rapidamente. Para a Sambatech, edtech que leva conhecimento a todos os cantos do país, ele ainda deve passar por algumas evoluções e a tendência é que se consolide mais com o passar do tempo.

Corroborando com este posicionamento, Caio Moretti, CEO do Qconcursos, explica que é questão de tempo para que o formato se fortaleça ainda mais. “Plataformas desenvolvidas especialmente para o EAD melhoraram o sistema de aplicação de provas, armazenamento de conteúdos e gravação de aulas, por exemplo. A tendência é que a educação à distância se torne cada vez mais produtiva”, diz o executivo.

A inovação aberta como estratégia de negócios

De acordo com Raphael Augusto, sócio-diretor de Produtos e Inteligência de Mercados da Liga Ventures, a essência da inovação aberta é abrir as fronteiras da sua instituição para que ela possa trocar inovações com o ambiente externo. “No entanto, a sua prática não pode ser considerada estratégica quando isolada e pontual. Para que se consiga abrir novos espaços via inovação aberta, a empresa precisa praticar o exercício de montar um bom portfólio de ações, diversificado e com espaço para aprendizado, erros e acertos”, afirma.

A boa prática de ações de inovação aberta tem mostrado resultados positivos e é notório o crescimento de startups criadas a partir de oportunidades identificadas em grandes empresas e, algumas vezes, gerando as chamadas “spin offs”. “Uma tendência que deve se acentuar nos próximos cinco anos é a fusão de iniciativas surgidas em diferentes setores da economia, ou seja, parceiros que buscam sinergia para gerar inovação para seus consumidores, em suas áreas de interesse”, declara Paulo Melo, gerente do Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia

Centrais de rastreamento veiculares e gestão de frotas

Com o crescimento do IoT no Brasil, negócios desenvolvidos por meio dessa tecnologia serão cada vez mais tendências no próximo ano. Como é o caso das Centrais de Rastreamento veiculares e gestão de frotas. Uma empresa que vem se destacando nesse cenário é a Getrak, maior provedora de tecnologia para empresas de rastreamento veicular e IoT da América Latina, que tem a missão de construir um mundo mais seguro, entregando uma jornada completa aos seus clientes. Ao todo, possui mais de mil centrais de rastreamento, 750 mil veículos rastreados e mais de 380 municípios ativos.

Tecnologia 5G

Não há dúvidas que o 5G trará possibilidade de novos negócios na indústria com velocidade e capacidade de transmissão de altas massas de dados. Um player que está ligado nessa novidade é a GaussFleet, maior plataforma de gestão de máquinas móveis para mineradoras e siderúrgicas. De forma inovadora, a empresa utiliza geoprocessamento, telemetria avançada e IoT na gestão de máquinas pesadas dentro de minas e usinas, e tem como missão tornar a indústria de base brasileira mais competitiva por meio da tecnologia e algoritmos próprios, de forma desburocratizada.

O 5G vai cravar ainda mais as mudanças nos departamentos de RH. “É bem provável que o 5G ajude a aposentar o trabalho presencial, ou pelo menos mudá-lo radicalmente. A velocidade da conexão permitirá que qualquer colaborador se conecte em tempo real à empresa. Será possível vislumbrar a implementação de processos assíncronos por voz e reuniões onde ninguém precisará estar presente para participar efetivamente”, afirma Pedro Luiz Pezoa, CEO da Pointer.

Tecnologia aliada ao transporte público

A volta do trabalho presencial ou híbrido vai aumentar mais ainda o fluxo de pessoas em transporte público, e 2022 será o ano das soluções inteligentes para o passageiro. Em São Paulo, por exemplo, o pagamento de tarifa de ônibus via QR Code já saiu da fase experimental e a expectativa é que o próximo ano a facilidade chegue a mais paulistanos. O SP Pass permite que o passageiro possa carregar créditos no app e pagar a passagem sem precisar encostar em dinheiro.

Mercados autônomos em condomínios comerciais

Os mercados autônomos ganharam força durante o período pandêmico e continuam sendo tendência em 2022. Com a volta da rotina presencial no próximo ano, muitos centros comerciais têm apostado nesse tipo de negócio para oferecer mais comodidade aos colaboradores. Referência no segmento está o market4u, maior rede de mercado autônomo e inteligente do Brasil. Até o momento, a empresa já está presente em 84 cidades brasileiras, possui mais de 200 mil clientes ativos e a previsão é chegar a mais de dez mil unidades instaladas em 2022, e prevê um bom crescimento para os próximos meses.

Solução antifraude

Com o uso cada vez maior do comércio eletrônico, os criminosos virtuais também passaram a mirar nesse mercado com mais intensidade. Para não ter prejuízos com compras fraudulentas, os lojistas precisaram buscar por soluções que agissem para impedir a ação dos golpistas, como a oferecida pela Konduto, empresa de antifraude que garante segurança à operação de lojas virtuais, fintechs e meios de pagamento, combatendo a fraude em transações digitais com eficiência.

Gamificação

Com a chegada da pandemia, o universo corporativo, que estava acostumado com o trabalho presencial, precisou se adaptar ao home office. Algumas ferramentas e estratégias ajudaram, engajando e motivando as equipes, como é o caso da gamificação, utilizada pela Qranio em sua plataforma mobile de aprendizagem e nos treinamentos corporativos, e a tendência é que ela continue a ser utilizada nos próximos anos.

Uso de ferramentas online para fazer planejamentos

Em um cenário onde novidades aparecem o tempo todo e processos exigem agilidade e assertividade, elaborar planejamentos para conquistar metas é essencial, e a tendência é fazer isso de maneira digital, trazendo mais facilidade e rapidez. Para ajudar nesse processo, as pessoas podem utilizar aplicativos como a 7waves, desenvolvido para o apoio ao planejamento pessoal e conquista de objetivos.

Uso da inteligência artificial na área da saúde

A implementação da inteligência artificial na área da saúde tem trazido diversos benefícios para o dia a dia dos médicos e pacientes, como agilidade no atendimento e maior precisão para o diagnóstico de doenças. Entre as empresas que atuam nessa área, destaca-se a NeuralMed, que desenvolve  soluções de auxílio à triagem e para o fluxo de pacientes nas instituições de saúde, utilizando a inteligência artificial para analisar imagens e textos médicos.

Portaria inteligente

Com o cenário de distanciamento social e cuidados para impedir a propagação da covid-19, se tornou essencial buscar por soluções que gerem mais segurança nos condomínios. A group Digital, especializada em tecnologia de controle de acesso, entendeu essa necessidade e passou a investir com mais intensidade no desenvolvimento de portarias automatizadas com acesso sem toque, por meio de tecnologias como leitor biométrico facial e câmeras termográficas, trazendo mais proteção para os moradores.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedIn | Twitter | Facebook | Youtube