Acompanhe:

A Coca-Cola Femsa Brasil abriu 4 mil vagas gratuitas em São Paulo para a nova fase do programa Empreenda como uma Mulher. A iniciativa de impacto social, realizada em parceria com a Coca-Cola Brasil e o Sebrae, tem como objetivo oferecer capacitação, apoio e inspiração para acelerar os negócios de mulheres empreendedoras por meio de aprendizado e outros benefícios, como equipamentos e acesso ao crédito. 

“Um dos compromissos da Coca-Cola Femsa Brasil é o desenvolvimento socioeconômico das comunidades onde atuamos. Nosso objetivo com o ‘Empreenda como uma Mulher’ é contribuir para esse desenvolvimento por meio do fomento ao empreendedorismo e da promoção da equidade de gênero”, diz Camila Amaral, vice-presidente Jurídica e de Assuntos Corporativos da Coca-Cola Femsa Brasil.

As 4 mil vagas estão distribuídas nas cidades de São Paulo (2.112), Jundiaí (600), Mogi das Cruzes (500), Bauru (400) e Marília (400). A parceria com o Sebrae Delas, iniciativa de fomento ao empreendedorismo feminino, viabiliza 20 horas de aulas teóricas e práticas com conteúdo sobre estratégias de liderança e gestão, autoconhecimento, aspectos comportamentais, além de uma análise individual do negócio para avaliar aspectos de maturidade, pontos fortes e deficiências, governança e impacto na sociedade. 

"Com conhecimento e capacitação, a mulher vai estar ainda mais segura para tomar decisões acertadas no comando do negócio. O ‘Empreenda como uma Mulher’ começa com aulas sobre inteligência emocional e atitudes, ensinamentos fundamentais para despertar o autoconhecimento e, depois, segue com cursos para a organização e crescimento da empresa", diz Verônica Lima, gestora estadual de Empreendedorismo Feminino do Sebrae SP.

Edição no Sul resultou em conquistas para as participantes

Alguns números da primeira fase do “Empreenda como uma Mulher” na Região Sul mostram que, no Rio Grande do Sul, o índice de empreendedoras participantes com negócios formalizados passou de 48% para 63% após o programa. No Paraná, 92% das inscritas consideraram os aprendizados com o programa muito relevantes para seus negócios. O número total de vagas oferecidas chegou a mil.

“‘Foi uma experiência muito positiva, que agregou bastante no momento em que eu precisava dar uma guinada depois de quatro anos e meio empreendendo. O curso fez com que eu repensasse algumas coisas e me dedicasse a fazer meu negócio crescer novamente. O programa como um todo me colocou em movimento como empreendedora”, declara Mylena Borzatto, empreendedora à frente da Mbô Papelaria Criativa que participou da primeira fase em Maringá (PR), em 2022.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Estevam Baldon: Precisamos tornar a pesquisa clínica inclusiva

SBF oferece suporte jurídico a colaboradores trans para retificar nome

Como benefícios inclusivos podem atrair e reter trabalhadores LGBTQIA+

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Ele investiu R$ 50 mil do próprio bolso há 3 anos e já faturou R$ 2,4 mi com consultoria de branding
Um conteúdo Bússola

Ele investiu R$ 50 mil do próprio bolso há 3 anos e já faturou R$ 2,4 mi com consultoria de branding

Há um dia

Hambúrguer de milhões: holding que fatura R$ 200 mi compra nova marca de olho em multifranqueados
seloNegócios

Hambúrguer de milhões: holding que fatura R$ 200 mi compra nova marca de olho em multifranqueados

Há 3 dias

Declaração Anual do MEI deve ser enviada até 31 de maio
seloNegócios

Declaração Anual do MEI deve ser enviada até 31 de maio

Há 3 dias

Faturamento das pequenas e médias empresas cresce 13,9% em janeiro
seloNegócios

Faturamento das pequenas e médias empresas cresce 13,9% em janeiro

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais