Um conteúdo Bússola

Bússola Cultural: Semana tem Música para cortar os pulsos e mês do orgulho

Confira toda quinta-feira sugestões da Bússola com o melhor da programação cultural de São Paulo
Trecho do vídeo "Música para cortar os pulsos", de Rafael Gomes (João Augusto de Figueiredo/Divulgação)
Trecho do vídeo "Música para cortar os pulsos", de Rafael Gomes (João Augusto de Figueiredo/Divulgação)
B
BússolaPublicado em 09/06/2022 às 10:30.

Por Bússola

O pulso ainda pulsa

No mês dos namorados, o Em Cartaz #CulturaEmCasa apresenta "Música para cortar os pulsos". Com dramaturgia e direção de Rafael Gomes, a obra aborda o dia a dia de três jovens. Isabela sofre porque foi abandonada. Felipe quer se apaixonar, e Ricardo, seu melhor amigo, está apaixonado por ele. No espetáculo, as canções pulsam na mesma intensidade que as histórias desses três corações juvenis.

domingo, 12 de junho, pela plataforma e aplicativo #CulturaEmCasa. Acesse aqui

A drag Alexia Twister no Projeto “Bysha, tu acha?” (Divulgação/Divulgação)

Bysha, tu acha?

A série de entrevistas “Bysha, tu acha?” abre a programação do Mês do Orgulho LGBTQIAP+ da plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa. Durante a série, importantes figuras discutem questões estruturais da comunidade. A série vai ao ar nos dias 8, 15, 22 e 29 de junho, sempre às 20h. Ao longo do mês, a  plataforma apresenta ainda o  “Show de Stand-Up LGBTQIAP+”, o “Performance Ball: House of Cabal & Casa Candaces” e muito mais.

acesse a plataforma para a programação completa, aqui

Movimento Negro Unificado contra o racismo, em 1978 (Arquivo Público do Estado de São Paulo/Divulgação)

Memórias do Futuro

O Memorial da Resistência de São Paulo, localizado no antigo prédio do Deops/SP, acaba de inaugurar a exposição Memórias do Futuro: Cidadania Negra, Antirracismo e Resistência. Sob curadoria do sociólogo e escritor Mário Augusto Medeiros da Silva, a mostra traça um panorama histórico de mais de um século de lutas por direitos da população negra no estado. São mais de 450 materiais entre fotos, cartazes, jornais e documentos de organizações como a Coalizão Negra por Direitos, Geledés Instituto da Mulher Negra e a participação de coletivos e artistas como Bruno Baptistelli, Geraldo Filme, João Pinheiro, Ilú Obá De Min, Moisés Patrício, No Martins, Renata Felinto, Sidney Amaral, Soberana Ziza e Wagner Celestino.

Memorial da Resistência, de quarta a segunda, das 10h às 18h; gratuito, livre; os ingressos estão disponíveis no site e na bilheteria do prédio, reservas aqui 

(Divulgação/Divulgação)

Rock and roll all nite

Ritchie, Fernanda Abreu, Philippe Seabra (Plebe Rude) e Supla comemoram os 40 anos do Rock Brasil com a Orquestra Sinfônica Municipal de Santos no Teatro Sérgio Cardoso. Durante o  espetáculo Clássicos do Rock, com direção e regência dos maestros Luís Gustavo Petri e José Consani, será executado um repertório de grandes sucessos do BRock e clássicos internacionais do gênero como músicas dos Beatles, Deep Purple, Pink Floyd, Nirvana, Ozzy e outros. O show é uma realização da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura de Santos e Amigos da Arte, com apoio institucional do Teatro Sérgio Cardoso.

Teatro Sérgio Cardoso, 17 de junho às 20h30.  Para mais informações, acesse aqui

Foxfinder, peça de Dawn King em cartaz pela plataforma #CulturaEmCasa (Divulgação/Divulgação)

A Caça

William Bloor chega à fazenda de Samuel e Jude Covey para investigar uma suspeita de contaminação. Sua instrução, como agente oficial do Estado, é destruir raposas, que ameaçam as produções e colheitas agrícolas da Inglaterra. Conforme avança com suas investigações, William percebe não só a ausência de raposas como também se depara com eventos que mudam o curso de sua vida e suas crenças. O texto premiado é de Foxfinder – A Caça, da dramaturga inglesa Dawn King, com tradução de Carolina Fabri e direção de Wallyson Mota. Em cartaz pela plataforma #CulturaEmCasa neste final de semana e no Teatro Sérgio Cardoso até 15 de junho.

plataforma #CulturaEmCasa, sexta e sábado, 10 e 11 de junho, às 20h30, gratuito, acesse aqui

Teatro Sérgio Cardoso, presencial, até 14 de junho, segundas e terças-feiras às 19h, acesse aqui

Fernanda Abreu em “Notas Contemporâneas” (divulgação/Divulgação)

Só tenho instrumentos

Esta edição do Notas Contemporâneas recebe a cantora carioca Fernanda Abreu, que fala sobre sua vida e trajetória como artista. O bate-papo é mediado por Cacá Machado, músico, pesquisador e historiador e conta com a participação da Banda MIS. Com organização e curadoria da historiadora Rosana Caramaschi, o programa Notas Contemporâneas, transmitido pela plataforma #CulturaEmCasa,  registra depoimentos de significativos nomes do cenário musical brasileiro, erudito e popular, preservando a história oral do MIS.

Acesse aqui

Cena de "No coração do mundo", em cartaz na mostra "200 anos de independência em 200 filmes" (Divulgação/Divulgação)

200 filmes

Para quem é fã ou mesmo quer uma incursão sobre o panorama cinematográfico dos últimos 120 anos, a plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa e o Cine Petra Belas Artes em parceria organizaram a mostra “200 anos de independência em 200 filmes”. São 100 longas e 100 curtas dos principais movimentos do cinema nacional como o Cinema Novo, as pornochanchadas, Cinédia, Boca do Lixo e muito mais estão representados nas mostras.

Belas Artes, até 30 de junho, a preços populares (R$ 4 e R$ 2 - meia entrada).

pela plataforma #CulturaEmCasa totalmente gratuito, com dois filmes por dia, de 15 a 29 de junho; mais informações pelo site do Cine Petra Belas Artes ou pela plataforma #CulturaEmCasa

Série apresenta três grandes mestres zabumbeiros  (Divulgação/Divulgação)

Zabumbando

Com concepção e roteiro original do músico paraibano Guegué Medeiros, a plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa apresenta o “Zabumbando”, uma série documental em três episódios sobre a zabumba, tambor de sonoridade grave, também conhecido como “bumbo” ou “caixa grande”. Guegué Medeiros entrevista três grandes mestres zabumbeiros: Dido Trajano, Eder “O” Rocha e Zé Pitoco, que falam sobre seus trabalhos e  trajetórias. A arte popular e seus protagonistas ganham destaque nessa brasileiríssima e descontraída série.

já disponível; acesse aqui

Gui Moscardini no violão e voz é um dos convidados de Zé Luiz Mazziotti (Gabriela Arruda/Divulgação)

Encontro de gerações

De 10 a 12 de junho, o Teatro Sérgio Cardoso apresenta o espetáculo "Zé Luiz Mazziotti — "Encontro de Gerações". Zé Luiz Mazziotti, que já trabalhou junto com grandes ícones da música, participou de vários festivais nacionais e internacionais e recebeu importantes prêmios e homenagens de expoentes da música popular brasileira. Uma das vozes mais bonitas e perfeitas da MPB, Zé Luiz se apresenta com Gui Moscarini (voz e violão) e Felipe Bedetti (voz e violão) na sexta-feira (10), Gabriel Soares (voz) e o pianista Renato Barbosa no sábado (11) e Bruna Moraes (voz e violão), no show de domingo (12). Não será permitida a entrada após o horário de início do espetáculo.

para mais informações e compra de ingressos, acesse aqui

Pedro Pastoriz faz pocket show durante evento (School of rock/Divulgação)

School of rock

Uma verdadeira incursão musical com foco no blues e no rock. É o que garante a Samsung Mostra Blues & Rock composta por 24 atividades, de exposições a máster classes referentes à história e inicialização à música, e pocket shows. O evento terá também duas exposições fotográficas: a "Mulheres no Blues e Rock" e a "Exposição Blues e Rock", ambas com imagens do fotógrafo paulista André Velozo, que também comandará quatro aulas focadas na música. A mostra visa explorar os estilos musicais e seus desdobramentos em dois espaços na capital paulista: o CEU Taipas, na Zona Norte, e o CEU Carrão, na Zona Leste. Os locais foram escolhidos com o objetivo de democratizar o acesso à cultura para o público em geral e ONGs.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Mulheres que inspiram: o balanço entre a vida profissional e a maternidade

Favela vai a Madrid levar inovação ao South Summit e lançar quarto setor

Bússola Cultural: Semana em SP tem teatro de bonecos e Periferia Instrumental