Um conteúdo Bússola

Mulheres que inspiram: o balanço entre a vida profissional e a maternidade

Bate-papo traz a reflexão de como o maternar pode ser uma peça-chave no mercado de trabalho
Existe hora certa para ser mãe? (Ariel Skelley/Getty Images)
Existe hora certa para ser mãe? (Ariel Skelley/Getty Images)
B
BússolaPublicado em 08/06/2022 às 11:40.

Convicções pré-estabelecidas podem impactar negativamente pessoas e empresas e, uma delas, é a dificuldade de entender que profissionais de excelência também podem ser mães. O tema foi abordado no terceiro episódio do podcast “Mulheres que Inspiram”, que gira em torno da realização materna e profissional.

Neste episódio, Marina Franciulli, head de Sustentabilidade Financeira e Projetos de Impacto da B2Mamy, hub que capacita e conecta mães e mulheres ao ecossistema de tecnologia e inovação, é recebida por Carla Sautchuk, diretora de Operações e Serviços e embaixadora da diversidade da Comgás, e Joana Blumenschein, fundadora d'A Casa Di Fusão.

No bate-papo, elas contam sobre como cada maternidade é única, mas como, ainda sim, muitas dúvidas e desafios sobre a plena inclusão das mães nas empresas são compartilhados. Dentre as perguntas comuns, estão: há hora certa para ser mãe? O que muda no mindset profissional com a chegada do primeiro filho? E com o segundo? Como combater a exclusão das mães do mercado de trabalho e reter esses talentos nas empresas? Como cada uma vive o período de licença maternidade? E como cada uma pode usar sua potência materna para alavancar a carreira?

O bate-papo ainda promove uma reflexão sobre como e se o mercado de trabalho está realmente pronto para acolher mulheres que decidem exercer a maternidade sem renunciar à vida profissional. "A maternidade é uma força transformadora capaz de movimentar todos os aspectos da vida de uma mulher. Com isso, nosso principal objetivo é mostrar a pluralidade da figura feminina, instigando cada vez mais mulheres a irem em busca de sua independência, o que pode ser feito de mãos dadas com os nossos filhos", afirma Carla Sautchuk.

A série de podcasts produzida pela Comgás tem como principal objetivo gerar debates e promover discussões que estimulem mulheres a encontrar soluções dentro e fora do mercado de trabalho. O novo episódio está disponível nas principais plataformas, incluindo o Spotify. Clique aqui para ouvir.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Mulheres que Inspiram: Episódio discute a reforma do mercado pela educação

E se você pudesse alterar a sua idade? Um holandês tentou isso

68% dos pais querem escola que mescle digital e tradicional, diz estudo