Bússola
Um conteúdo Bússola

Bússola Cultural: semana destaca nova exposição do MIS

Confira toda semana sugestões da Bússola com o melhor da programação cultural de São Paulo

Os visitantes conferem de perto todos os detalhes desta obra-prima do Renascimento com tecnologia e impressões de alta qualidade (Joca Duarte/Divulgação)

Os visitantes conferem de perto todos os detalhes desta obra-prima do Renascimento com tecnologia e impressões de alta qualidade (Joca Duarte/Divulgação)

B

Bússola

Publicado em 3 de fevereiro de 2023 às 12h00.

Última atualização em 3 de fevereiro de 2023 às 13h13.

Por Bússola

Exposição Michelangelo

A exposição Michelangelo: O Mestre da Capela Sistina está no MIS Experience, instituição da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, e traz projeções das obras do artista em 14 salas, totalizando mil metros quadrados de reproduções. Com projeções gigantes dedicadas à arquitetura, história e curiosidades da Capela Sistina. Além de conferir esculturas, desenhos, estudos e projetos do renascentista Michelangelo.

Terças, quartas, quintas e sextas, das 10h às 18h; domingos, das 10h às 18h. Sábados e feriados, das 10h às 19h; quartas a sextas – R$ 30 (inteira); R$ 15 (meia), sábados, domingos e feriados – R$ 50 (inteira); R$ 25 (meia), grátis às terças

No jardim do Museu da Casa Brasileira a leitura será feita de forma calma, ao redor de muitas árvores (Gabriel Melhado)

Leitura ao ar livre

Ler é ótimo  e desfrutar de um livro sob um grande céu azul com vento e ar fresco é ainda melhor. Nos bancos do Jardim Francês, do Museu do Ipiranga, é possível levar um livro, sentar no banco e, ainda, visitar o próprio museu e o Parque da Independência. Ou ainda, o jardim do Museu da Casa Brasileira, na Faria Lima, com 8 mil m², onde pode-se  fazer piqueniques, seguindo algumas regras. Outras opções para se conectar com a literatura e a natureza, são as Bibliotecas Parque Villa-Lobos, que fica dentro do parque homônimo, e  a de São Paulo, que está no Parque da Juventude. Nos dois espaços é possível realizar o empréstimo do livro de forma gratuita, por 15 dias.

Aos amantes da leitura, a plataforma BibliON, biblioteca digital do governo do Estado, possui um acervo de mais de 17 mil títulos, clubes de leituras, oficinas e o podcast “Criança Lê”, voltado, especialmente, para o público infantil.

Mais informações de horários e funcionamento nos sites do Museu do Ipiranga, da Biblioteca do Parque Villa-Lobos, da Biblioteca São Paulo, da BibliON  e do Museu da Casa Brasileira

Exposição Dos Santos, do artista gaúcho Cassiano Araujo (Iran Monteiro)

Pinturas do interior paulista

O Museu de Arte Sacra de São Paulo está com três novas exposições: Amar-TeEnTramas, de Almira Reuter; Dos Santos e A Pintura do Interior Paulista, ambas do produtor cultural e artista plástico Cassiano Araújo.

Amar-Te EnTramas conta com 15 trabalhos tridimensionais cujos temas estão vinculados a construções afetivas, conflituosas, imaginárias ou lúdicas arquitetadas em tramas. Dos Santos conta com 17 trabalhos em óleo sobre tela e constrói pinturas inspiradas na vida e obra dos santos do Brasil, com a presença de importantes figuras religiosas, desenvolvido durante longo período. E, por último, A Pintura do Interior Paulista, que traz 51 pinturas de 28 artistas cujas obras são inspiradas em cenas do interior do Estado de São Paulo. Alguns deles: Agostinho Batista de Freitas, Aldo Caldarelli e Benedito Calixto.

De terça-feira a domingo, das 09 às 17h (entrada permitida até às 16h30); R$ 6,00 (Inteira), R$ 3,00 (meia-entrada), grátis aos sábados, até 11/3, mais informações no site do Museu de Arte Sacra

As apresentações são gratuitas e sujeitas a lotação. Para assistir, é necessário retirar o ingresso na bilheteria, com 2 horas de antecedência (Lari Davies)

São Paulo Companhia de Dança

Aos admiradores de dança, também, há possibilidades de lugares para assistir gratuitamente. A São Paulo Companhia de Dança, corpo artístico da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, realiza sua primeira apresentação de 2023 na cidade de São Carlos, no interior do estado, no Teatro Municipal.

O público poderá conferir a Suíte de Paquita, na versão remontada por Diego de Paula, que também é bailarino da SPCD, a partir da obra de Marius Petipa (1818-1910). E ainda, Pas de Deux de Dom Quixote, na versão de Duda Braz e a Umbó, de Leilane Teles.

Nos dias 3 e 4 de fevereiro, às 20h, gratuito, mais informações da São Paulo Companhia de Dança

Programação gratuita nas Fábricas de Cultura, com apresentações de danças e rodas de conversas (Wesley Marques)

Múltiplas linguagens

Mais uma opção para quem gosta de apreciar o corpo em movimento, as Fábricas de Cultura terão performances dançantes. As Fábricas são espaços culturais e de formação que oferecem diversas atividades artísticas, como aulas e apresentações de danças, teatro, música, circo, artes visuais, entre outras. Na programação deste mês, nas unidades da zona leste (Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista, Parque Belém e Cidade Tiradentes) e São Bernardo do Campo haverá: contação de história, com contos de antigamente, roda de conversas sobre o mundo dos jogos e de com usar a tecnologia a favor da educação, encontro de leitores, mostras de danças, como do Centro de Artes Balancé Guaianases, com ballet, jazz, dança do ventre e hip hop. Na Fábrica de Cultura Vila Curuçá,  além de sessões de cinema, também terá exibição de Ghost In The Shell. Participe!

Mais informações de horários e dias de funcionamento no site da Fábrica de Cultura, gratuito

Dois irmãos vivem juntos uma vida reclusa (Zero8onze)

O Cego e o Louco

No espetáculo realizado no Teatro Sérgio Cardoso, Nestor é um pintor cego, de personalidade forte, o qual domina o frágil e taciturno irmão Lázaro, alguns anos mais jovem, com quem divide a solitária rotina em um apartamento. Entre os dois se estabelece uma dinâmica própria, eventualmente perversa, em que o cuidado fraterno cede lugar ao rancor desenfreado, mas também com situações divertidas. Até que a chegada de Lúcia, uma encantadora vizinha que se mudou para o prédio, ameaça desestruturar essa relação. Eles a convidam para uma visita e é nessa noite que a montagem se concentra, quando os traumas do passado dos irmãos vêm à tona.

De Sexta a domingo, às 19h; ingressos entre R$ 20,00 e R$ 40,00. Mais informações no site do Teatro Sérgio Cardoso

O evento acontece pela segunda vez no Verão, até 18/2, com programação 100% gratuita acontecendo no Auditório Claudio Santoro, em Campos do Jordão, e na Sala São Paulo (Laura Manfredini)

Festival de Verão de Campos do Jordão

Quem estiver pensando em ir a Campos do Jordão, pode se programar para o 2º Festival de Verão que está com concertos gratuitos que vão do clássico ao popular, desta maneira, as pessoas beneficiarão das vistas fabulosas das montanhas somada a uma programação musical, no Auditório Cláudio Santoro, dentro do Museu Felícia Leirner. Na programação consta a apresentação dos jazzistas noruegueses do NOR-BRA LOVE 3:3, do conjunto de música clássica Percorso Ensemble, acompanhado da cantora Eliane Coelho, da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo (Ojesp) tocando trilhas de filmes emblemáticos, entre outros.

A Sala São Paulo é uma importante casa de concertos e eventos. Antes de ser espaço cultural, a estrutura foi erguida para dar suporte à estrada de ferro Sorocabana (Laura Manfredini)

Passeios incríveis para fazer a pé no centro de SP

A região central é conhecida pela beleza de suas edificações, com imóveis que são verdadeiros patrimônios culturais. Que tal conhecer um pouco da história e do que a região oferece? Coloque um tênis confortável, separe uma garrafinha com água e confira a programação das instituições culturais que celebram a arte, história e conhecimento como e podem ser acessadas pelo metrô ou trem Luz e Júlio Prestes: Oficina Oswald de Andrade (900 m, 11 minutos); Museu de Arte Sacra (700 m, 9 minutos); Museu das Favelas (1,3 km, 15 minutos); Sala São Paulo, Memorial da Resistência e Estação Pinacoteca (400 m, 5 minutos); Museu da Língua Portuguesa (7 m, 1 minuto) e Pinacoteca Luz (130 m, 2 minutos)

Mais informações de horários e funcionamento nos sites da Oficina Cultura Oswald de Andrade, do Museu de Artes Sacra; do Museu das Favelas; da Sala São Paulo; do Museu da Língua Portuguesa e da Pinacoteca

Objetivo é passar informações e curiosidades como forma de despertar em crianças e adolescentes uma nova percepção da matéria-prima plástica, além de ensinar conceitos importantes sobre o descarte correto (Guilherme Ribeiro)

Economia circular do plástico

Quem quiser aproveitar a última semana de férias em uma jornada de ciência no Museu Catavento, a dica é o espaço “Economia Circular do Plástico”. A atividade faz parte das exposições de longa duração e reúne informações sobre a criação dos plásticos, tipos, como eles são aplicados no dia a dia da sociedade, além de jogos e projeções sobre consumo e descarte conscientes, reciclagem e a importância da gestão correta dos resíduos para a evolução da economia circular. Além disso, o visitante pode se aventurar pela parede de escalada com 7 metros de altura e conhecer personalidades mundiais.

De terça a domingo das 09h às 17h; bilheteria fecha às 16h. Mais informações no site do Museu Catavento, grátis às terças

Imagem da série Gorlovka 1951, da fotógrafa Flávia Junqueira. A exposição foi selecionada pelo projeto Nova Fotografia, convocatória do MIS que seleciona e exibe, anualmente, trabalhos de novos talentos da área (Rafael Dornellas)

Nova Fotografia 10 Anos

O Paço das Artes realiza, em parceria com o Museu da Imagem e do Som (MIS) de São Paulo, a mostra comemorativa Nova Fotografia 10 Anos. São 60 trabalhos de fotógrafos contemplados pela convocatória do MIS. A exposição traz a diversidade e amplitude de técnicas, temas e abordagens características das obras do Nova Fotografia, uma das mais importantes convocatórias dedicadas ao setor.

A edição comemorativa apresenta uma obra de cada um dos artistas selecionados entre 2012 e 2021, oferecendo uma retrospectiva dos primeiros dez anos do projeto. Alguns destaques são: a realidade dos palestinos e israelenses em Tel-Aviv, Jerusalém, é apresentada em Entre muros e ideias, de Marcos Muniz. Tipos, de Fernando Banzi, apresenta fotopinturas digitais produzidas em retratos do fotógrafo Alberto Henschel — responsável por registros do RJ e da monarquia brasileira durante o reinado de dom Pedro II.

De terça a sábado, das 11h às 19h; domingos e feriados, das 12h às 18h; em cartaz até 19/2. Mais informações no Paço das Artes, sempre gratuito

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Confira um guia turístico para comemorar com São Paulo hoje

Bússola Play: Aproveite o feriado para ir a um museu em SP

10 lições que a história do Spotify pode te ensinar

Acompanhe tudo sobre:ArteCulturaEntretenimentoExposiçõesMuseus

Mais de Bússola

Bússola Poder: Janones, Nikolas e a lei de Ulysses Guimarães

Como é o processo para a empresa dona do Burger King concluir compra da Starbucks?

ABNT publica normas para evitar riscos na tomada de decisões com auxílio de IA

Bússola Cultural: exposição de graffiti em homenagem à carreira dos Beatles

Mais na Exame