Acompanhe:
Apresentado por Bússola

Bússola & Cia: Mais R$ 10 bi para micro e pequenas empresas contra a crise

Bússola estreia coluna semanal de notas sobre economia e negócios. Confira as novidades e informações exclusivas sobre o mercado

Modo escuro

Continua após a publicidade
Ministério da Economia negocia com o Congresso mais 10 bilhões para o Pronampe (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Ministério da Economia negocia com o Congresso mais 10 bilhões para o Pronampe (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

M
Márcio de Freitas

Publicado em 21 de outubro de 2020 às, 10h14.

Última atualização em 21 de outubro de 2020 às, 12h09.

Encolhendo a crise

O governo federal ainda busca minimizar os efeitos negativos em atividades econômicas atingidas pela recessão. O Ministério da Economia negocia com o Congresso mais 10 bilhões para o Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte), numa estimativa de que esse valor pode alavancar até R$ 40 bilhões em empréstimos do setor financeiro no fim deste ano. O Ministério da Agricultura também pediu reforço para crédito em alguns linhas do Plano Safra 2020/2021. O agronegócio mantém voracidade por recursos para se financiar diante da grande demanda do mercado externo.

PIB cai menos

O ritmo de crescimento do PIB no terceiro trimestre foi revisado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) para 9% em relação aos três meses anteriores, mas, no último período do ano, a velocidade da recuperação diminuirá. No ano, a queda nas riquezas produzidas no país deve ficar em -4,2%. O levantamento também constatou queda do spread bancário de 9,6% em janeiro para 6,9% em julho. As taxas de juros para pessoas jurídicas foram reduzidas de 14,8% para 10,7%. O Informe Conjuntural da CNI será divulgado nesta quarta-feira.

Lar doce lar

Primeira operação de atendimento do Brasil baseada totalmente em home office, a Home Agent viu a busca por seus serviços aumentar em quase 700% desde abril, com crescimento em empresas que historicamente não terceirizavam a relação com o cliente antes da pandemia. A startup já abriu mais de 800 posições e deve fechar o ano com mil vagas preenchidas. O faturamento projetado para o ano já está 110% acima do previsto, quatro vezes o de 2020.

 

rio de janeiro; covid-19; coronavirus; comercio popular

Comércio: Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) cresceu 10,5% em outubro e alcançou 103,1 pontos (Lucas Landau/Reuters)

 

Otimismo à vista

 Após seis meses de pessimismo, o setor de comércio mudou o humor. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) cresceu 10,5% em outubro e alcançou 103,1 pontos, voltando ao patamar de otimismo – acima de 100 pontos. A quarta alta mensal consecutiva ajudou o indicador a recuperar um total de 36,5 pontos desde junho, quando a pandemia de coronavírus ajudou no registro da pior pontuação da série. As festas de fim de ano, historicamente responsáveis pelo aumento do faturamento do varejo, devem manter o índice ainda mais positivo no último trimestre.

Sem proteção

 Seis em cada 10 empresas no Brasil estão longe de atender aos requisitos da Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em setembro. É o que mostra estudo feito pela Alvarez & Marsal. A consultoria ouviu cerca de 200 empresas de diferentes portes e segmentos, para entender o nível de adaptação às novas exigências. A maioria das organizações cumpre, no máximo, 40% das obrigações legais.

Ação beneficente

A rede de laboratórios do Grupo Alliar fechou parceria com o Teste Solidário para comercializar exames de Covid-19 nos 10 estados em que atua. Parte do lucro será destinado para entidades selecionadas pelos embaixadores da ação, entre eles os atletas Diego Lugano, Raí e Washington. A cada teste vendido, R$ 15,00 serão revertidos em fundos para as instituições.

Plano individual

 O elevado preço dos planos de saúde e a falta de qualidade no atendimento são os ingredientes que incentivaram José Sepieri Filho, o Júnior, a apostar na criação de empresa voltada aos planos individuais de saúde. Os primeiros resultados surpreenderam positivamente a nova empresa. A busca por informações pelo novo produto foi maior do que o esperado e obrigou o reforço no atendimento logo após o lançamento.

Ministra Tereza Cristina: “O Brasil pode se tornar a maior potência mundial do agronegócio” (Andre Coelho/Bloomberg/Getty Images)

Colheita no agro

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, não mexerá um dedo para a sucessão de Rodrigo Maia na Presidência da Câmara. Deixará a Frente em Defesa do Agronegócio liderar o processo, com empresários do setor trabalhando também pelo seu nome. Se tudo der certo, pode colher o resultado dessa ação com o apoio do DEM e de Maia mais adiante.

Tecnologia e Sustentabilidade

O BNY Mellon se juntou ao time de patrocinadores do HackTudo, um dos principais eventos de cultura digital do país. Com compromisso constante com a inovação e foco na implementação de soluções tecnológicas, o BNY Mellon marca sua estreia com a apresentação da mostra virtual “O Poder da Inovação”, do artista plástico pernambucano Jota Azevedo, que transforma lixo eletrônico em quadros de grandes nomes da ciência e tecnologia e em esculturas. A exposição é gratuita e o público pode conferir as peças de 16 a 25 de outubro no site http://www.hacktudo.com.br.

Metas financeira

A Procuradoria Geral da República quer mostrar que seus métodos atuais são melhores para recuperar ativos e recursos desviados do que a operação Lava-Jato. Advogados envolvidos em delações afirmam que os números das multas passaram a contar mais na gestão de Augusto Aras, e se descolaram dos valores de eventuais crimes praticados.

Mundo pet

O grande projeto da Petlove é criar a maior plataforma multicanal do mercado pet para beneficiar todos os elos da cadeia do negócio. Começou em setembro com mais de 2.500 parceiros, para aumentar a velocidade dos atendimentos e oferecer mais possibilidades de vendas para associados menores e regionalizados. Em um ano, a empresa teve aumento de 87,5% nas assinaturas ativas, chegando a 245 mil.

 

 

Mais da Bússola:

Bússola LIVE: CNI e líder do governo na Câmara debatem retomada econômica

5 insights sobre o novo consumo

Margem de erro de 36% do FMI

 

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedin  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

Últimas Notícias

Ver mais
Como a Livelo alcançou lucro líquido de mais de R$ 1 bilhão em 2023 
Um conteúdo Bússola

Como a Livelo alcançou lucro líquido de mais de R$ 1 bilhão em 2023 

Há 3 horas

Os FIDCs estão na idade da pedra. A Black 101 quer trazê-los para a era da IA
Exame IN

Os FIDCs estão na idade da pedra. A Black 101 quer trazê-los para a era da IA

Há um dia

Uma visão de IA mais madura deve dar o tom do Web Summit Rio em 2024
seloNegócios

Uma visão de IA mais madura deve dar o tom do Web Summit Rio em 2024

Há um dia

Lula faz nova reunião sobre crédito depois de adiar lançamento de medida
Economia

Lula faz nova reunião sobre crédito depois de adiar lançamento de medida

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais