Acompanhe:

Bússola & Cia: FreeBrands mira em internacionalização 

Confira novidades e informações exclusivas sobre economia, negócios e sustentabilidade na coluna semanal de notas do Bússola

Modo escuro

Continua após a publicidade
O objetivo da FreeBrands é que a operação represente pelo menos 10% da receita total até o fim de 2024 (Eva-Katalin/Getty Images)

O objetivo da FreeBrands é que a operação represente pelo menos 10% da receita total até o fim de 2024 (Eva-Katalin/Getty Images)

A FreeBrands busca alavancar as metas de internacionalização. Com operações já iniciadas no Chile e nos EUA, ainda em 2023, mostrando todo o potencial de vendas para além do Brasil, a multimarcas mira agora atuar com mais força no território norte-americano e atender ainda países estratégicos da Europa e Oriente Médio. O objetivo é que a operação represente pelo menos 10% da receita total até o fim de 2024, chegando aos R$ 70 milhões. A estratégia é atuar inicialmente em Portugal e depois seguir para Espanha, França, Inglaterra e outros países. No Oriente Médio, a ideia é se estabelecer primeiramente com distribuidores nos Emirados Árabes Unidos, em Dubai, e ainda efetivar uma abertura inicial com a China e Índia. 

Rating

A Solar Coca-Cola (Solar Bebidas) e sua subsidiária Norsa Refrigerantes mantiveram o Rating Nacional de Longo Prazo AAA (bra) da Fitch Ratings, com perspectiva estável. O rating reflete o sólido perfil de negócios da companhia na indústria de bebidas, suportado pelo forte posicionamento e participação de mercado da companhia em 70% do território brasileiro – regiões Norte e Nordeste, Mato Grosso e parte de Tocantins e Goiás. A Fitch também afirmou o Rating Nacional de Longo Prazo 'AAA(bra)' da segunda emissão de debêntures quirografárias da Norsa, garantida pela Solar Bebidas, no montante de R$ 250 milhões e com vencimento em 2025 e 2026.

Espaço

A Diferente acaba de anunciar a mudança para um novo centro de distribuição (CD), de 3.200 m², localizado na Vila Leopoldina, em São Paulo. A iniciativa  vem diante do crescimento acelerado da startup, que recentemente passou a atuar em Curitiba (PR) e em diversas cidades do interior paulista, tais como Sorocaba, Mogi das Cruzes e São José dos Campos. A startup investiu R$ 500 mil no novo espaço.

Medicina no exterior

A RD Medicine projeta fechar 2023 com R$ 6 milhões de faturamento e espera elevar a receita no próximo ano para R$ 10 milhões. Atualmente, a RD Medicine se destaca no mercado por ser a única escola completa para internacionalização do médico brasileiro. Isso quer dizer que a instituição oferece todo suporte de mentoria para questões burocráticas, posicionamento em estágios e pesquisa e curso prático de inglês médico e preparatório para o Step 1. O aluno ainda conta com uma jornada para direcionar sua formação, auxiliando na mudança para os Estados Unidos de forma permanente.

Igualdade racial

O Rei do Pitaco foi uma das empresas selecionadas para receber o Selo de Igualdade Racial no evento realizado pela Prefeitura de São Paulo em evento realizado na última terça-feira, 21. O Programa Selo Igualdade Racial tem entre os seus objetivos reconhecer empresas privadas que tenham pelo menos 20% de funcionários negros em diferentes níveis hierárquicos e funções, incluindo aqueles com contratos terceirizados

Carbono free

O Tocantins é um dos pioneiros no mundo a receber recursos financeiros referentes à comercialização de créditos de carbono. O governo do estado recebeu, em novembro, cerca de R$ 7 milhões pela compra de crédito de carbono florestal jurisdicional no estado, selando a parceria inédita com a Mercuria Energy Trading. O escritório Paulo Moraes Advocacia, referência no assunto em Tocantins e pioneiro em registros de contratos de imóveis pelo blockchain no estado, aponta que a medida resultará em valorização de imóveis da região, aumento de geração de renda e preservação ambiental.

Fatura

A Mapfry viu seu faturamento crescer 10 vezes em  2023, em relação ao ano anterior. No início deste ano, a startup registrou pouco mais de mil usuários e, até novembro, atingiu a marca de 5,5 mil, tornando-se a plataforma com a maior base de usuários do Brasil. Para 2024, a expectativa é que a receita da empresa seja cinco vezes maior.

Campanha

A Empresa 1 lançou a campanha “Moderniza!”, onde anuncia que está facilitando o financiamento para modernizar as tecnologias de empresas de ônibus. A companhia atende mais de 150 cidades no Brasil, no México e na Guatemala, supervisiona 76 datacenters, tem 18 milhões de cartões inteligentes em uso, faz 20 milhões de certificações de crédito por dia e gera 218 milhões de imagens biométricas por mês, A campanha, viabiliza a aquisição de validadores online com custo muito abaixo do mercado e amplo benefício para os usuários.

AI

A IARIS, startup especializada em aplicações de inteligência artificial, faturou R$ 800 mil em 2022 e mira R$ 5 milhões para este ano. “Preparamos os nossos produtos para a realidade do mercado brasileiro e da américa latina, com diferenciais que impactam diretamente o preço final, em real, quebrando barreiras de moeda estrangeira e trazendo tecnologia de ponta”, aponta Fábio Falcão, CEO da IARIS.

Simulador

A Osten Moove, empresa focada no desenvolvimento de inovação tecnológica, em parceria com a Osten Games, traz ao mercado o Xskill, simulador empresarial estratégico para treinamento de alta performance. Cada treinamento custa aproximadamente R$ 20 mil e deve ser aplicado por um profissional que ficará responsável pela dinâmica. A expectativa é que o faturamento chegue a R$ 3 milhões em dois anos.

COP

A Orizon será o único Grupo da América Latina a representar o setor no inédito pavilhão organizado pela ISWA (International Solid Waste Association), associação sem fins lucrativos responsável pela gestão dos resíduos em todo o mundo, na COP28. Milton Pilão, CEO da Orizon, participa dos debates sobre a importância da destinação ambientalmente correta do lixo para a agenda climática mundial.

Números

A Wayra Brasil gerou mais de R$ 70 milhões em negócios com a Vivo por meio de suas 26 startups investidas – que juntas têm valor de mercado superior a R$ 2,3 bilhões – um crescimento de aproximadamente 8,8% em relação ao ano anterior. Já as startups do Vivo Ventures somam valoração que ultrapassa R$ 1,6 bilhão. Juntos, os dois fundos já aportaram mais de R$ 67 milhões em startups, desde o início da operação dos dois fundos.

SaaS

Acontece dia 8 de dezembro a primeira edição do SaaS Summit Brasil, promovido pela Conexorama. A programação do evento será dividida em quatro pilares (Traction, CostumerSucess, Capital-M&A e FutureOfSaas) e contará com executivos como Rodrigo Lóssio, CEO da Dialetto; Marcus Mueller, CEO da Darwin Startups; Laryssa D’Alama, COO da Involves, entre outros.

Lançamento no Brasil

A Astride, fintech de contabilidade internacional, realizou na última quinta-feira (23), o evento de lançamento da empresa no Brasil, no Baleia Rooftop, em São Paulo. Com mais de 60 convidados, o evento teve o objetivo de divulgar a expansão dos negócios da fintech no país, e contou com de diversos investidores, além de Hélio Castroneves, renomado piloto de Fórmula Indy, palestrando pela primeira vez no Brasil, e Mario Haberfeld, ex-piloto de corrida e CEO da ONG Onçafari.

Doações

Reafirmando sua crença de transcender as palavras, o /asbz, um dos maiores escritórios de advocacia do país, lançou há um ano o programa "Cashback Social”, iniciativa pioneira no mercado para destinar 0,5% da fatura líquida paga em dia a instituições sociais. Nestes últimos 12 meses, a arrecadação total foi de R$ 296 mil, destinados integralmente a promover projetos em favor de um mundo mais inclusivo para jovens e crianças, entre eles o “Instituto Devolver”, “Nosso Olhar” e “Next Generation of Lawyer”. 

Produtos digitais

Na Black Friday 2023, as vendas de produtos digitais da Hotmart – que incluem itens como cursos online, ebooks, podcasts e assinaturas digitais – tiveram um crescimento de 26% de pelos criadores de conteúdo, clientes da empresa, no Brasil. Os nichos de produtos digitais mais vendidos foram finanças e negócios, ensino e estudo acadêmico, além de saúde e esportes. Já em relação aos meios de pagamento, os mais utilizados foram cartão de crédito, PIX, e boleto bancário, respectivamente. Enquanto isso, de acordo com a NielsenIQ Ebit, o faturamento do e-commerce no período teve queda de 16%.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Intensa, agenda ESG da Oi foi homenageada pelo Instituto Ethos

As 12 parcelas e os possíveis riscos da restrição ao parcelamento sem juros

Grupo Petlove se volta para PMEs pet e lança ferramenta focada na saúde dos negócios

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
BNDES financia R$ 330 milhões para o desenvolvimento de IA e outras tecnologias
Bússola

BNDES financia R$ 330 milhões para o desenvolvimento de IA e outras tecnologias

Há 2 dias

O que dá pra aprender com o golpe de “deepfake” que gerou prejuízo de R$ 127 mi para empresa chinesa
Bússola

O que dá pra aprender com o golpe de “deepfake” que gerou prejuízo de R$ 127 mi para empresa chinesa

Há 2 dias

Bússola Cultural: dança do dragão, culinária e Kung Fu no Ano Novo Chinês do Museu da Imigração 
Bússola

Bússola Cultural: dança do dragão, culinária e Kung Fu no Ano Novo Chinês do Museu da Imigração 

Há 2 dias

Mais quente, mais sede: calor deve provocar alta de 10% nas vendas de purificadores de água
Bússola

Mais quente, mais sede: calor deve provocar alta de 10% nas vendas de purificadores de água

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais