Acompanhe:

Semana passada, vivi uma dessas situações que até antes da pandemia eram inimagináveis. Fui convidado a ministrar uma palestra para estudantes da Woxsen University, na Índia. Pois é, cerca de 250 alunos e alunas que vivem quase do outro lado do mundo gastaram 1 hora e meia de seus dias ouvindo um suburbano brasileiro comum, que não tem conexões especiais, mas compensa na vontade de ver o tema da sustentabilidade sendo debatido em todos os espaços.

Mas mais do que comemorar o feito (que tem sua importância pessoal, mas isto não é um blog), a menção acima se justifica pelo fato de que um dos pontos mencionados na aula foi o seguinte: apesar das grandes diferenças, Brasil e Índia compartilham aspectos críticos em comum, sendo talvez o mais destacado deles o fato de serem potências do mundo em desenvolvimento com características que as legitimam como líderes destes países nas discussões globais.

Nos últimos anos a posição pode ter sido debilitada, mas o tamanho das economias, populações e recursos disponíveis não permite apagar a relevância de ambos os países no cenário internacional. E esta semana tomamos contato com uma notícia que exemplifica tal posição, a Aliança Global para os Biocombustíveis (Global Biofuels Alliance, GBA).

Uma aposta no conhecido

A iniciativa foi puxada pela Índia e busca acelerar a implantação de biocombustíveis sustentáveis em apoio à transição energética global. Brasil e Estados Unidos completam a trinca de precursores da frente, que deve reunir outros países do G20 e ser lançada oficialmente no começo de setembro pelos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Joe Biden e o primeiro-ministro Narendra Modi

Diferente de outros candidatos a combustível do futuro, o etanol já tem produção com tecnologias conhecidas e amplamente utilizadas em mercados como o nosso. Sua aplicação em larga escala no restante do mundo passa pela ampliação da cooperação técnica e tecnológica para a expansão dos biocombustíveis, que é exatamente um dos papeis que a GBA se propõe a cumprir.

Outro fato interessante sobre a criação desta aliança, conforme reporta Assis Moreira no Valor Econômico, é a própria liderança indiana do processo. Isso porque o país perdeu há poucos anos uma disputa na Organização Mundial do Comércio (OMC) por turbinar ilegalmente exportações de açúcar e causar prejuízos de centenas de milhões de dólares a produtores brasileiros e de outros países.

O Brasil tentou por anos convencer a Índia a utilizar seu excesso de açúcar para produzir etanol, em vez de jogá-lo no mercado internacional e derrubar os preços. O processo avançou mais recentemente e teve como  um fator chave o compartilhamento de informações sobre a solução tecnológica brasileira dos veículos flex, que como nós bem conhecemos são altamente competitivos e eficientes.

Talvez nosso complexo de vira-latas impeça de reconhecer e louvar as conquistas do país. É comum ouvir lamúrias de que nos faltam heróis e espírito empreendedor para resolver os problemas globais, mas na realidade já temos boa parte destas soluções integrada ao dia-a-dia, de forma tão próxima que às vezes nem percebemos. Valorizar o que é nosso e gera impacto positivo é bom nos biocombustíveis, na biodiversidade, nas riquezas naturais usadas de maneira sustentável e no saber de nossos povos. Tradicionais, de grandes centros, das periferias, do campo e até dos suburbanos.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Danilo Maeda: Sustentabilidade é profissão ou vocação?

Danilo Maeda: Propósito, causa, impacto e materialidade

Gasolina cara traz o carro do futuro: elétrico, alugado e por assinatura

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Quais foram as 10 séries mais vistas de 2023?
Bússola

Quais foram as 10 séries mais vistas de 2023?

Há 9 horas

Por que o setor de alimentos é carro-chefe na criação de empregos na indústria de transformação
Bússola

Por que o setor de alimentos é carro-chefe na criação de empregos na indústria de transformação

Há 10 horas

Fidelização de clientes: veja 3 estratégias para 2024
Bússola

Fidelização de clientes: veja 3 estratégias para 2024

Há 12 horas

Bia Félix: 10 dicas práticas para ser mais criativo
Bússola

Bia Félix: 10 dicas práticas para ser mais criativo

Há 14 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais