Polônia constrói Cristo Redentor para rivalizar com Rio de Janeiro

Imagem, que teria 6 metros a mais do que o Cristo Redentor, no Corcovado, pode ser um "milagre econômico" para a cidade polonesa

São Paulo – A pequena cidade de Swiebodzin, na Polônia, está construindo uma imagem de Jesus Cristo para rivalizar com o Cristo Redentor, situada no topo do Corcovado. As autoridades locais afirmam que a construção deverá ser maior do que a imagem situada no Rio de Janeiro e que se tornou símbolo do Brasil.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira, pelo jornal inglês The Guardian. Segundo a publicação britânica, a construção, que tem 400 toneladas, tem 36 metros de altura e está situada em um local com mais de 16 metros de altura.

A medida no corpo principal da imagem é de 33 metros – a idade de Jesus Cristo. A imagem também possui uma coroa de metal, em que os espinhos chegam a medir 3 metros de altura. 

Segundo o jornal inglês, o Cristo Rendentor tem 30 metros de altura, muito embora o site do Trem do Corcovado o aponte com 38 metros – 8 metros são o pedestal da imagem. 

Segundo o Guardian, a construção na Polônia tem dividido a opinião da população. “O chefe da obra recebeu ameaças, inclusive com um tijolo atirado através da janela do seu carro”, relata a reportagem.

A razão para polêmica está em comparações com as estátuas da época do regime comunista, em que monumentos eram erguidos em praças e locais públicos.  

Já outros esperam que o Cristo de Swiebodzi atraia peregrinos de todo o mundo, o que iria aquecer o comércio local, gerando mais um “milagre econômico”. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.