Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Investigação contra delatados pode durar até 5 anos no STF

Os políticos citados nas delações responderão pelos crimes de lavagem de dinheiro, crime eleitoral (caixa 2) e corrupção ativa e passiva

Modo escuro

Continua após a publicidade
Edson Fachin: o ministro abriu 83 inquéritos contra políticos com foro especial delatados pela Odebrecht (Ueslei Marcelino/Reuters)

Edson Fachin: o ministro abriu 83 inquéritos contra políticos com foro especial delatados pela Odebrecht (Ueslei Marcelino/Reuters)

A
Agência Brasil

Publicado em 12 de abril de 2017 às, 19h36.

Última atualização em 12 de abril de 2017 às, 19h39.

Os inquéritos abertos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) contra políticos citados nas delações premiadas de ex-executivos da Odebrecht podem levar pelo menos cinco anos e meio para chegarem a uma conclusão.

O tempo é estimado pela FGV Direito Rio para que um processo criminal envolvendo autoridades com foro privilegiado seja finalizado.

A estimativa faz parte do levantamento Supremo em Números, divulgado anualmente pela instituição.

Além do tempo médio, durante a tramitação, os processos ainda poderão ser paralisados e remetidos para a primeira instância do Judiciário se os políticos envolvidos não se reelegerem e, com isso, perderem o foro privilegiado.

A prescrição dos crimes também não está descartada. No caso de investigados maiores de 70 anos, o tempo para a Justiça punir os acusados cai pela metade em relação à pena máxima para cada crime.

Os políticos citados nas delações dos ex-executivos da empreiteira Odebrecht vão responder no STF pelos crimes de lavagem de dinheiro, crime eleitoral (caixa 2) e corrupção ativa e passiva.

As pena variam de três a 12 anos de prisão.

Com a abertura da investigação, os processos devem seguir para a Procuradoria-Geral da República (PGR) e para a Polícia Federal (PF) para que sejam cumpridas as primeiras diligências contra os citados.

Ao longo da investigação, podem ser solicitadas quebras de sigilo telefônico e fiscal, além da oitiva dos próprios acusados.

Últimas Notícias

Ver mais
Novos temporais devem atingir parte da Região Sul nos próximos dias

Brasil

Novos temporais devem atingir parte da Região Sul nos próximos dias

Há 4 horas

Pedido de destaque de Moraes pode causar nova reviravolta na revisão de aposentadorias

Brasil

Pedido de destaque de Moraes pode causar nova reviravolta na revisão de aposentadorias

Há 5 horas

Maceió: afundamento do solo está desacelerando, diz prefeito

Brasil

Maceió: afundamento do solo está desacelerando, diz prefeito

Há 6 horas

Maceió: cientistas alertam há 10 anos para risco; ruína é iminente

Brasil

Maceió: cientistas alertam há 10 anos para risco; ruína é iminente

Há 10 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Com copos de plástico reciclado coletado no litoral brasileiro, Corona estreia no Primavera Sound

Com copos de plástico reciclado coletado no litoral brasileiro, Corona estreia no Primavera Sound

Com itens personalizados, Tramontina usa expertise para aproveitar alta dos presentes de fim de ano

Com itens personalizados, Tramontina usa expertise para aproveitar alta dos presentes de fim de ano

Suvinil investe para criar embalagens e produtos mais sustentáveis

Suvinil investe para criar embalagens e produtos mais sustentáveis

Inovação em nuvem e IA: a aposta da Huawei Cloud para o Brasil

Inovação em nuvem e IA: a aposta da Huawei Cloud para o Brasil

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais